Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

3 constações depois de uma semana no Algarve

escadinhas.blogs.sapo.pt.jpg

 

 

Estive uma semana de férias no Algarve pela primeira vez na minha vida. Sim, é verdade, nunca tinha estado uma semana no Algarve. E depois de ter estado lá uma semana,  ter gostado imenso de ter estado com os papás e sol, mar e areia, e depois de estar há 6 anos fora de Portugal, deu para que há coisas que não mudaram, sendo elas: 

 

 

Tira a pilha e....

Relaxing - ThingLink.jpg

 

Como já devem ter percebido pelo Facebook ou o Instagram do Escadinhas, esta semana ando a recarregar baterias com sol, mar e areia à mistura. Este ano tem sido intenso, mesmo muito intenso, sobretudo a nível profissional. Como sou uma pulga irriquieta, é normal. Mas o corpinho e o neurónio chegam a um ponto em que o máximo que se querem preocupar é: já é hora de estar ao sol? Está na hora de virar? 

 

É nestas alturas também que aproveito para pôr leituras em dia. Embora, confesse, desta vez, os dois primeiros dias foram mesmo para longas sestas entre meia dúzia de páginas lidas. Normalmente meço o cansaço pelas horas de sono e de sestas que tenho ao longo dos dias. A adrelanina é por vezes muito boa a esconder o cansaço (evidente). Confesso que este Dolce Fare Niente me sabe pela vida, porque assim que me meter no avião de regresso, chega a hora de pegar em tudo o que ficou pendurado mais aquilo que se acumulou e voltar à luta. 

 

Gostava de dizer que a minha vida é tão simples e fácil quanto parece e creio que nem aqueles que me são próximos têm noção do quão exigente é. Um sorriso nos lábios torna tudo mais fácil e quando se tem paixão pelo que se faz... bom... quem corre por gosto não cansa, não é? 

 

P.S.: e para aqueles que perguntaram: sim, tomo inumossupressores e sim podemos apanhar sol desde que com os devidos cuidados. Costumo dizer que são os mesmos que os de um bebé: protector solar com fartura, exposição ao sol só nas horas de menor calor e em doses reduzidas. O resto do tempo debaixo do guarda-sol, à sombra e com vista para o mar! ;)

 

 

Como fazer para tornar o desejo de ir à praia uma realidade?

PRAIA PARA TODOS.png

 

Em Portugal, apesar de tudo, existe uma rede de wc’s públicos num grande número de parques públicos (antes que contestem, aviso já que é mais do que existe na Bélgica, que são ZERO). Contudo, nas praias a coisa muda de figura. Wc’s públicos são raros, a não ser os wc’s dos bares de praia, que muitas vezes limitam o seu uso aos seus clientes que consomem nas suas instalações.

 

Ora, obviamente que isto aumenta o número de idas à água para libertar as águas estagnadas no reservatório situado no baixo ventre, também conhecido por “aquecer a água”; “ligar o esquentador”, “mudar a água ao bacalhau” e… fazer xixi! A coisa piora, contudo, quando está em causa o número 2, o super conhecido cocó, ou quando se tem aquela cólica tramada que anuncia desgraça intestinal.

 

 

Sabes que não vives o Verão no Sul da Europa quando...

 

Capture.JPG

 

 

 ... está um frio do caneco em pleno mês de Agosto, mas ainda assim as pessoas à tua volta vestem-se de sandálias, t-shirt e calções e ainda se queixam do calor que faz;

 

... mesmo com céu nublado, frio e ameaçar chuva a qualquer instante, te convidam para um churrasco ao ar livre;

 

... a noção de salada é... batata!

 

... as lojas fecham duas semanas para férias;

 

... as lojas que restam abertas fecham às 18h30 (no melhor dos cenários);

 

... 22 graus de previsão meteorológica é considerado "um dia espectacular de Verão!"

 

... sonhas diariamente com as férias em Setembro num sitio com temperaturas acima dos 25 graus.

Última hora!

Para quem me tem perguntado como vão as mudanças, hoje, pela primeira vez em duas semanas, consegui sentar-me 5m no sofá sem fazer puto!

 

IMG_20170825_173149.jpg

 O resto da casa é melhor nem mostrar, porque este ângulo é o único que não tem caixas, papéis, sacos e sei lá mais o quê que ainda não encontraram o seu legítimo sítio. 

As minhas manhãs de Julho

6p8zs.jpg

Fabulosamente cansativas. Diria mais: chiques! Porque são passadas nas aulas de Francês. Curso Intensivo de Verão, ou como chegar às 10h da manhã com o cerebro feito em papa. E desengane-se quem acha que a malta quase a terminar o nível B2 tem a vida facilitida: não só tem de levar com TODA a gramática anterior e saber usá-la, como ainda esperam de ti autênticos debates de grande significado filosófico. Em francês. Das 8h30 às 12h45 da manhã com uma pausa de 15m que nem dá para recuperar um neurónio para o que se segue.A parte gira deste ano é ouvir uma colega recém chega a a Bruxelas a falar francês com sotaque tripeiro. É do best!

 

Mas claro, que depois de almoço voltas à cruel realidade. Porque à tarde trabalhas que nem uma moira para recuperar as 4h que tiveste a evoluir no teu discurso filosófico em francês e o trabalho a acumular na secretária! E numa altura em que tudo devia estar calmo por causa das férias... naaahhh! Tudo ao rubro! Ela é reuniões, ela é relatórios, ela é notas e concept papers e o camandro a quatro!

 

Cada vez mais creio que atingi um nível de sanidade preocupante porque me sujeitar a estes calvários....

Em Agosto será Neerlandês. E Setembro 8kms. A sério: internem-me!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Onde compro livros

Blogs de Portugal

Bloglovin