Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

3 pontos essenciais a reter do Yoga

yoga-poses-628x363-TS-117703611.jpg

 

 

Há mais de duas semanas que ando a esticar-me e torcer-me e a contorcer-me com o yoga, tal como expliquei aqui. Estou orgulhosa de mim: tenho sido regular, o que no meu caso, mestre mor na preguiça no exercicio, é muito bom. Contudo, consoante a prática aumenta, vou tirando algumas ilações:

 

1) Seres do outro mundo

Se o Marylin Manson tirou uma ou duas costelas para fazer broches a ele próprio: é um menino. A tipa que passa no

 

O meu primeiro post sobre Yoga: motivação precisa-se!

cfd4fa221274a04586e730c93473131a_large.jpg

 

Por uma série de razões que não vale a pena mencionar mas que se resumem a várias (e que já expliquei aqui), há umas semanas comecei a fazer Yoga. Não fui para nenhum ginásio nem nada que se pareça, que confesso que em Bruxelas não confio muito, sobretudo quando se é imunodeprimida. E depois, tinha (e tenho) sérias dúvidas que goste daquilo e por isso resolvi experimentar em casa e ver como corre. Graças ao mundo em que vivemos, fui à Play Store, pesquisei e fiz download de uma série de apps de Yoga. Depois de experimentar umas quantas, elegi a minha favorita: Down Dog. Achei um nome estúpido para uma app de Yoga, mas depois percebi a razão....

 

No meio da minha total e óbvia falta de flexibilidade, ou algo que se assemelhe a boa forma e sequer um espírito de desportista, lá me lancei nas aulas de yoga com a app. 25 minutos porque não dá para menos e uma pessoa tem limites. Estica aqui, alonga acolá, aquilo até parecia fácil. Mas depois a cabra senhora, que vai demonstrando o que é suposto fazer, foi

 

Só eu sei porque faço exercício

4c9777a5d4279c6696d0fe19172c87f8.jpg

Ora pois bem: voltei de férias o que entre outras coisas significa, voltar a fazer exercício fisico, aka: correr! Quem me conhece minimamente sabe perfeitamente que eu odeio correr. Odeio suar. Odeio ficar vermelha que nem um pimento com as maçãs do rosto prestes a explodir. Mas depois uma pessoa já não vai para nova, os genes pesam para que tudo se acumule nas coxas e nas ancas, e agora que a tripa está mais tranquila, tudo o que entra, fica. 

 

Ora se entra e fica e se aloja nas coxinhas e na anca, não é bom. É que nem fica versão casca de laranja. Fica mesmo versão laranjeira que é para a malta não pensar que ainda tem 20 anos. É um reality check do caraças para quando se

 

Lembras-te deste, João Falcato?

IMG_20170727_154825.jpg

 

Provavelmente não. Foi no último fim de semana de Fevereiro de 2016. Fui a Lisboa para tratar de assuntos relacionados com a casinha de bonecas. Tu e o Jorge Napoleão foram comigo ao Alegro em Alfragide. Missão: comprar algo que me servisse porque ia ter uma viagem de trabalho daqui a uns dias que requeria roupa mais formal e não tinha nada que me servisse. Prquê? Porque já há uns meses que a tripa andava a fazer das suas. Tinha perdido imenso peso e não andava propriamente na mó de cima. 

 

Enquanto provava um vestido verde escuro na Massimo Dutti, viste uns desenhos pendurados que gostaste. Sacaste do teu material e rapidamente rabiscaste o rosto que viste. Ofereceste-mo. Pu-lo na minha agenda. Talvez não saibas, mas em 2017, continuei a guarda-lo na agenda de 2017. Durante este tempo todo, carreguei o desenho na minha carteira, para todo o lado que fui. Hoje, finalmente, o desenho foi emoldurado, com a pompa e circunstância que merece. E sobretudo, com um sorriso de uma memória boa numa época tramada. 

 

Bem haja!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Onde compro livros

Blogs de Portugal

Bloglovin