Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O meu primeiro post sobre Yoga: motivação precisa-se!

cfd4fa221274a04586e730c93473131a_large.jpg

 

Por uma série de razões que não vale a pena mencionar mas que se resumem a várias (e que já expliquei aqui), há umas semanas comecei a fazer Yoga. Não fui para nenhum ginásio nem nada que se pareça, que confesso que em Bruxelas não confio muito, sobretudo quando se é imunodeprimida. E depois, tinha (e tenho) sérias dúvidas que goste daquilo e por isso resolvi experimentar em casa e ver como corre. Graças ao mundo em que vivemos, fui à Play Store, pesquisei e fiz download de uma série de apps de Yoga. Depois de experimentar umas quantas, elegi a minha favorita: Down Dog. Achei um nome estúpido para uma app de Yoga, mas depois percebi a razão....

 

No meio da minha total e óbvia falta de flexibilidade, ou algo que se assemelhe a boa forma e sequer um espírito de desportista, lá me lancei nas aulas de yoga com a app. 25 minutos porque não dá para menos e uma pessoa tem limites. Estica aqui, alonga acolá, aquilo até parecia fácil. Mas depois a cabra senhora, que vai demonstrando o que é suposto fazer, foi

 

Só eu sei porque faço exercício

4c9777a5d4279c6696d0fe19172c87f8.jpg

Ora pois bem: voltei de férias o que entre outras coisas significa, voltar a fazer exercício fisico, aka: correr! Quem me conhece minimamente sabe perfeitamente que eu odeio correr. Odeio suar. Odeio ficar vermelha que nem um pimento com as maçãs do rosto prestes a explodir. Mas depois uma pessoa já não vai para nova, os genes pesam para que tudo se acumule nas coxas e nas ancas, e agora que a tripa está mais tranquila, tudo o que entra, fica. 

 

Ora se entra e fica e se aloja nas coxinhas e na anca, não é bom. É que nem fica versão casca de laranja. Fica mesmo versão laranjeira que é para a malta não pensar que ainda tem 20 anos. É um reality check do caraças para quando se

 

Uma nomeação de cada vez!

21002755_4nFQo.jpeg

 

 

Primeiro que tudo quero agradecer à Minha Vida e Eu pela nomeação, até porquenunca sou nomeada para nada apesar das Escadinhas estarem sempr e limpinhas e asseadas! Estou sempre à espera da Sardinha do Ano e népia...

 

As regras deste desafio são:

  • Agradecer à Blogger que te nomeou
  • Responder às 11 perguntas que te foram dadas
  • Nomear 11 bloggers e fazer-lhes 11 perguntas
  • Colocar as regras e incluir o logótipo do prémio no post

Posto isto, mãos à obra!

 

1. O que mais odeias?

Malta que se tenta aproveitar do desespero de terceiros em proveito próprio. É daquelas coisas que me faz perder a calma e virar fera!

 

2. Um segredo que nunca contas-te a ninguém?

Oh! Se nunc contei também não será agora que irei contar ;)

 

3. Escolha dificil chocolate ou gelado?

Escolha extremamente fácil: gelado de chocolate! :D

 

4. Metade cheio ou metade vazio?

Uhmmm... o cpo pode encher-se! : )

 

5. Afinal de contas… Onde fica a “casa-da-mãe-Joana”?

Não faço ideia. Nunca fui muito boa com mapas e acabo sempre por me perder a caminho de lá.

 

6. Concorda que o tempo pode mudar bastante uma pessoa?

Concordo que uma pessoa evolui e muda de opinião ao longo do tempo conforme vai aprendendo e tendo mais experiência de vida. Na sua essência, não creio que uma pessoe mude. 

 

7. O que estavas a fazer antes de entrares aqui?

Não sei se é boa ideia dizer que ainda posso ferir os mais sensíveis! lol

 

8. Falas com alguém só por educação?

Só se tiver mesmo que ser. Normalmente torno-me monossilábica e pouco expansiva. 

 

9. O tempo apaga tudo, menos….?

Ingratidão. 

 

10. Por que o Tarzan não tem barba?

Excelente questão! Sinceramente acho que é porque tem um problema hormonal e nunca desenvolveu pilosidades.

 

11. Qual o ultimo filme que foste ver ao cinema?

 Uhmmm... Dunkirk ou Star Wars.... já não tenho a certeza.

 

Os nomeados são... (tambores a rufar)

Em menos de 24h, os desafios que já superei!

E-se.jpg

 

Para quem segue o blog no Facebook, não é novidade que ando com um braço ao peito, cortesia de um evento que nem sei o que lhe chamar. Simplesmente ia a vestir um casaco e um tendão que vai do ombro para o braço, caput. Assim: um ar que se lhe deu! Enão mexi mais o braço. 

 

Depois de uma aventura no hospital e uma gigantesca confusão entre quererem dar-me medicação e eu a gritar que não a podia tomar, lá chegamos a um consenso. Não foi um muito espectacular, mas foi o que se arranjou. Durante os próximos dias terei que andar de braço ao peito, em repouso, e ver se a coisa melhora. Senão... senão outras decisõe sse avizinham e para ser sincera, a ideia de ter que as tomar, não me agrada muito.

 

Hoje por isso o primeiro dia em que passei com um braço fora do campo. E meus amigos, é uma experiência que aconselho vivamente a tentarem: fazer tudo apenas com uma mão! É bom sairmos da nossas zona de conforto e darmos valor a pequenas coisas, como ter dois braços úteis! E se há coisa que aprendi em menos de 24h, é que adoro os meus dois bracinhos funcionais! Senão vejamos os desafios:

 

 

Como me tirar do sério em menos de 30 segundos!

de-esmola-grande-o-pobre-desconfia.png

 

 

De boas intenções está o inferno cheio, é certo. Mas nos dias que correm deve estar a transbordar de malta que quer ganhar dinheiro com o desespero alheio. Volta e meia, e sobretudo desde que comecei a escrever sobre Doenças Inflamatórias do Intestino e a dar a cara como portadora de Colite Ulcerosa, que sou abordada por pessoas que, no alto da sua "extrema bondade" aparecem com umas curas milagrosas. Este ano, e sem contar com todas as sugestões de dieta que já recebi, fui abordada por duas magníficas propostas de cura para uma doença sem cura (shame on you médico que me segues e passaste os ultimos 25 anos da tua vida a estudar estas doenças e ainda não descobriste uma cura). Portanto, apertem o cinto e tenham alguma paciência que este post será um pouco longo, mas vale a pena!

 

1) Factores de Transferência

 

 

Como ajudar sem sair do conforto do lar?

Além de assinarem a petição aqui, quando fizerem o IRS este ano, basta doarem 0,5% do vosso reembolso de IRS à Associação Portuguesa de Doenças Inflamatórias do Intestino. Como? Basta que coloquem (como exemplificado na imagem) o número de contribuinte da Associação (503 454 311) no campo 1101 do quadro 11 do Modelo-3. Para terem uma ideia, por cada 100 euros de reembolso que recebam, estarão a dar 5€ à APDI. 

 

Grão a grão fazer a diferença nos mais de 20 mil portugueses portadores de Doença Inflamatória do Intestino!

 

APDI IRS.jpg

 

Novidades primaveris

Capture.PNG

 

O Escadinhas do Quebra Costas deu mais um passo para o mundo e tem página no Facebook. Para estarem a par de tudo o que se passa nas Escadinhas do Quebra Costas, é favor dirigirem-se aqui e fazerem Gosto e convidarem os vossos amigos a visitarem/seguirem as Escadinhas! 

Porque é que o meu blog se chama Escadinhas do Quebra Costas?

por-que-nunca-sabemos-qual-porque-utilizar.jpg

 

Perguntam-me com frequência porque é que o blog tem o nome que tem. Porque Escadinhas (para os amigos) e não outra coisa qualquer? E porque Escadinhas do Quebra Costas e não um nome directamente relacionado com as DII, tendo em conta que comecei a falar sobre elas? 

  

Como já recebi várias mensagens em privado e várias pessoas me abordaram a perguntar, a je explica: 

 

 

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Onde compro livros

Blogs de Portugal

Bloglovin