Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Porque é que não bebo café

 

Não sei porquê eu e o café nunca tivemos uma relação muito próxima. Mantemos relações diplomáticas com uma certa distância. Gosto do cheiro mas não o bebo. Aliás... bebi, em circunstâncias muito especiais que não se voltaram a repetir. 

 

Basicamente bebi café em dois ou três momentos da minha vida, associados a um período em que andava a trabalhar imenso e a dormir pouco. Naqueles dias em que precisava d euma dose extra, lá enfiava um expresso pela goela abaixo. O resultado era maravilhoso e o National Geographic poderia fazer um episódio da vida selvagem à pala disso. Para terem uma ideia, durante um período da minha adolescência nem coca-cola podia beber por ficar

 

Visto no facebook... ...e é do best!!!!

 

Uma discussão hoje:

A - eu agora só tomo comprimidos naturais.
Eu - do genero dos que crescem nas arvores?
A - o quê?
Eu - perguntei o que são comprimidos naturais.
A - são comprimidos só com produtos naturais.
Eu - e o que são produtos naturais?
A - são produtos da natureza sem serem modificados
Eu - como o enxofre e o mercurio?
A - não... esses sao quimicos.
Eu - sim, agora que mencionas acho que os vi na tabela quimica dos elementos. Então quais?
A - sei lá... os que retiram das sementes.
Eu - como o cianeto?
A - não... parvo... é só os que nao resultam de processos quimicos. Eu nao consumo nada que venha de processos quimicos
Eu - entendo... por exemplo há que evitar consumir os derivados da fotosintese.
A - ... pois...
Eu - como o oxigenio... 
A - estava a falar de medicamentos quimicos e alimentos quimicos.
Eu - ok. O paracetamol e a pilula p.ex ha que os evitar. Alimentos derivados de processos quimicos lembro me logo do iogurte.... e da cerveja... é preciso evita-los...
(Neste momento fiquei a falar sozinho não sei bem porquê)

Tulipas em 2017?

Confesso que não tenho lá muitas boas memórias da Holanda. A última vez que lá pus os pés foi em Outubro 2015. Tive uma intoxicação alimentar cujos efeitos ainda ando a tentar ultrapassar. Devo ser das poucas pessoas que nao asssssiiiimmm tanta piada a Amesterdão embora tenha gostado bastante do Museu Rijswijk. Se calhar foi do frio (fui em Novembro) ou do simples facto de não ter usufruido dos famosos coffeeshops.

 

Depois de ver o vídeo abaixo, confesso que talvez reconsidere e volte à Holanda. Exclusivamente pelo sentido de humor neste vídeo e por dizem que os campos de tulipas são imperdíveis. Talvez 2017 seja o ano de ver as tulipas. Quem sabe?

 

 

 

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Onde compro livros

Blogs de Portugal

Bloglovin