Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ao tipo que roubou a minha Fénix

IMG_20170409_124747.jpg

 

 

Excelentíssimo Senhor Filho da Puta Ladrão, 

 

ontem resolveu levar a minha Fénix que estava devidamente estacionada contra uma placa com o seu cadeado, numa sombra em frente ao edíficio onde trabalho. 

 

A Fénix para si, cabrão Senhor, é apenas uma bicicleta que vai vender no Mercado de Midi no próximo Domingo lá para as 6 da manhã. Para mim, é um símbolo do meu renascimento após mais de um ano encostada às boxes por uma doença que não pedi. A  Fénix foi a minha primeira bicicleta em mais de 26 anos, tornamo-nos próximas pelo simbolismo e íntimas por roçar o meu rabo no seu assento. 

 

Confesso que não percebi muito bem o objectivo de ter levado a Fénix, mas colocou em evidência a estupidez que abunda no caralho  cérebro. Senão vejamos:

1) A malta em bruxelas compra bicicletas de custar largas centenas (senão milhares) de euros. E vai levar uma bicicleta do Carrefour que custou 100€. Acha mesmo que vai conseguir bom dinheiro pela Fénix?

2) Os sacos de transporte da Fénix valem mais do que a bicicleta em si!

3) Não sei se raparou, mas há uma câmara apontada ao sítio onde  Fénix esperava por mim....

 

Vingança é um prato que se serve frio. Portanto, filho da puta Excelentíssimo Senhor, desejo-lhe que no terreno fértil do seu anus, lhe cresça um pinheiro bravo, com pinhas, decoração de natal e luzinhas de 220v a piscar. Tudo em prol do seu máximo conforto. 

 

Com os meus melhores cumprimentos

Vera Gomes

 

A história repete-se: mais 6 recomendações em visitas ao hospital

exame-de-toque-2.jpg

 

 

Lembram-se da aventura do neurologista numa segunda de manhã? Não? Então leiam primeiro e depois voltem a este post para perceber a grandeza da afirmação: a história repete-se!

 

Pois bem, ontem, segunda feira de manhã tinha consulta no hospital às 9h da manhã com um médico xpto especialista em patologias da mucosa (que eu nem sabia que existia) para fazer uma revisão às minhas partes íntimas. Mais uma novidade desde que comecei a ser seguida neste hospital, já que o meu gastro faz questão que todos os

 

Ainda dizem que não há alterações climáticas?

b74f5ac2e69651b2c192e436bb9a1ac3.jpg

 

Bruxelas tem tido dias de Verão como raramente vistos. Aliás, Bruxelas está a entrar numa onda de calor não tarda nada: 3 dias seguidos com temperaturas acima dos 26 graus. Chuva, nem vê-la há meses. Já usei roupa de Verão nesta cidade que normalmente só uso quando vou de férias ou em Portugal. Já me queixei do quão quente está, de quanto desejaria uma piscina e já fiquei dentro de casa por ser "mais fresco". 

 

Este ano tenho ido a miúde a Portugal, como é do conhecimento público. E todas as vezes que vejo a previsão meteorológica para Lisboa ou Porto apanho autênticos

 

É preciso falar disto! #2

rastreios de crohn.jpg

Confesso que quando vi este cartaz fiquei de queixo caído numa mistura de boas e más razões. 

 

Primeiro é de louvar a imaginação que a malta tem de meter alhos e bogalhos no mesmo pacote e tirar coelhos da cartola. E há que dar o louvor pela capacidade que têm de colocar tudo no mesmo pacote. É coragem, para não dizer estupidez. Senão, vejamos:

 

 

É preciso falar disto!

34012877_10216762222631902_8519974629924667392_n.j

 

 

A curiosade matou o gato. E eu feita estúpida, cai na esparrela e a curiosidade matou-me a sanidade mental que ainda restava. Já tinha visto aqui e ali algumas pidas e bocas em relação à Maria Leal. E por isso decidi ir ao youtube e procurar o hit de Verão da Maria Leal. Erro crasso. Partilho connvosco as minhas 7 rápidas reflexões sobre o que vi e ouvi.

 

1) Que puta raio de coreografia é aquela?! É que até as pequenas do Big Show Sic conseguem ser mais naturais e

 

Façam o que fizerem: NUNCA comecem uma segunda assim!

medical humor.jpg

 

Só hoje consigo escrever sobre isto porque foi muita coisa junta para processar:

1) foi de manhã beeeem cedo e a ainda a recuperar do jetlag

2) foi o primeiro dia útil depois das férias 

3) foi uma segunda-feira!

 

Bom. Depois de ter acordado às 5 da matina e ter tirado o cuzinho da cama às 6h20, lá cheguei ao hospital por volta das 8h15. De manhã começa o dia, sem sombra de dúvida! Plano das festas: exame com uma neurologista seguido da tradicional visita ao Esteves. A visita ao Esteves é pacífica, ou não fosse um ano e meio de experiência apaziguador. O que me leva a escrever-vos esta humilde missiva foi a visita à neurologista. 

 

Bloggers? Mas a que preço?

30711921_10211640517757918_7337848352727367680_n.j

 

Volta e meia deparo-me com pessoal à procura de bloggers para promover produtos em grupos no Facebook (e não só). Ou então o contrário, uma blogger à procura de parcerias e saltam debaixo da pedra uma catrafada de produtos e serviços dispostos a serem divulgados em troca de darem algo à blogger que não seja dinheiro.

 

Confesso que olho para isto com um misto de tristeza, revolta e incredulidade. Não porque queira ter brindes e ganhar dinheiro com publicidade alheia (o Escadinhas nunca se tratou de ser uma fonte de rendimento), mas porque aquilo

 

Há alguém que responda Sim a estas perguntas?!

 BEAN-say-what.jpg

 

 

Irei aos Estados Unidos em breve para uma viagem de trabalho e como todo o comum dos mortais que viaja para fora do Espaço Schengen, tive que pedir visto (e antes que digam que nem sempre é preciso visto e tal, como vou em trabalho não viajo com vistos de turista, ok?).

 

Bom adiante. Lá fui ao site indicado pelo estaminé preencher o formulário indicado, e meus amigos: aquilo não é um pedido de visto. É descrever a nossa vida ao detalhe e demorou uma eternidade a que conseguisse chegar ao fim do formulário. O ponto alto foi a última parte (5 páginas) de perguntas sim ou não. E aí, não sabia se havia de rir ou simplesmente ficar de queixo caído e nem reagir. Lá fui clicando ao longo de toooodas as perguntas que iam aparecendo, mas devo confesaar que há coisas que não me sairam da cabeça. Algumas perguntas eram coisas tipo:

 

Durante a sua estadia:

1) Pensa em cometer um atentado terrorista?

2) Fazer tráfico de orgãos?

3) Fazer tráfico de seres humanos?

4) Fazer tráfico de droga?

E a cereja no topo do bolo: Pensa prostituir-se?

 

E eu, desde esse dia, que pergunto-me se há alguém neste mundo que alguma vez responda que sim a qualquer estas questões. 

Sim, eu sei que Pode haver implicções mais tarde, questões de segurança, etc e tal. Mas a sério: existe alguém no mundo que vá responder: sim, eu quero ir ao vosso país porque estou a pensar seriamente em prostituir-me. Ou "bem, tenho dois rins e estou a pensar em vender um num beco escuro do vosos país. Sempre é uma outra classe!"

 

Se conhecem alguém que tenha respondido "sim" a este tipo de perguntas, por favor acuse-se! E qual foi o pedido de visto mais surreal que tiveram?

 

 

 

 

 

 

 

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Onde compro livros

Blogs de Portugal

Bloglovin