Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A fingir que isto é um blog de culinária

YUM!.png

 

Ora, é sabido que eu e os ovos temos tido uma relação díficil desde a minha última crise. Já lá vão quase três anos que volta e meia tento reintroduzir ovos para não ficar a babar nos ovos estrelados do Mais Que Tudo, sobretudo naquela parte que ele mergulha o pão na gema. 

 

No ano passado tentei e correu muito mal. Este ano já vou na terceira vez e a coisa tem estado a melhorar. Creio que mais ou duas vezes e poderei voltar aos ovos (sem exagerar, claro!). Nas minhas tentativas tento fazer sempre de forma diferente. Por exemplo, ovos cozidos e o meu sistema digestivo nunca foram à bola (com ou sem colite). Mas ovos mexidos ou estrelados sempre marcharam sem problemas, por isso, creio que em breve voltarei a ter mais hipóteses nos pequenos almoços nos hóteis (para quem viaja tanto como eu, sabe que por vezes os ovos são a nossa única esperança). 

 

Adiante! O objectivo deste post é partilhar convosco a receita de ovos que experimentei no Domingo. Aviso já que a vi num site qualquer e não me lembro qual foi, por isso, não me acusem de plágio. Para esta magnifica receita irão precisar de:

  •  

 

Quer variar na cozinha? Então tem que experimentar esta receita!

YUM!.png

 

Para começar bem a semana e o mês, decidi trazer de volta as receitas que o Mais que Tudo vai preparando. Na verdade, desengane-se quem pensa que eu sou uma fada na cozinha: lá em casa quem cozinha é o homem e sim, ele cozinha muito bem! (se calhar é por isso que o rabo não pára de crescer e que eu não sinto que tenha restrições para comer). Adiante! 

 

 

As minhas panquecas de eleição

 

IMG_20190128_082310.jpg

 

 

Vamos ser realistas: o meu talento para reproduzir receitas é muito próximo de nulo. Em contrapartida, sou excelente para comer! Desde que seja coisinhas que eu posso enfiar dentro da tripa, vai tudo. Às vezes até demasiado. Adiante... quem me segue no Instagram percebeu que eu tentei reproduzir uma receita de panquecas, mas entre o photoshop do site onde tirei a receita até ao meu prato, houve todo um oceano de diferenças. 

 

A L. , uma guru culinária e membro do Gastronomiverso, compadeceu-se da minha total inabilidade para fazer uma panqueca alternativa sem ovos, e deu-me uma receita que experimentei no dia seguinte. Senhores: é A panqueca. Não só dá margem para a besuntarmos com o que quisermos, como encheu o bandulho de tal forma que 1) não consegui comer todas as que fiz; 2) não senti fome a manhã toda (que é uma proeza já que eu termino o pequeno almoço e já tenho fome). 

 

 

Como fazer a melhor e mais deliciosa Foccacia?

IMG_20181026_200236.jpg

 

 

Quem me vai seguindo nas redes sociais sabe que tenho um Master Chef pessoal cá em casa. Alguém que adora cozinhar e experimentar receitas novas e que de facto alivia o stress enquanto o faz. E quem sou eu para me intrometer?!...

 

Depois da nossa viagem à Sicilia em Setembro e a Milão em Outubro, ficamos um bocadinho desapontados ou pela ausência de uma boa Foccacia ou pela má qualidade das mesmas. Vai daí, o Master Chef decidiu deitar mãos à obra e fazer a sua própria Foccacia. Para isso andou a procurar na sua base de dados e encontrou a receita no site Give Me

 

A pedido de muitas famílias (incluindo a minha): queques de abobora e noz

 

IMG_20181007_174442.jpg

 

Quem me vai seguindo no Facebook percebeu que no Domingo dediquei-me a ser fada do lar. Um dos muitos chapéus que há cá por casa e que ocasionalmente vem ao de cima. Foi assim, que aproveitando uma abóbora que aterrou cá em casa, e para matar saudades de casa depois de quase um mês fora, resolvi meter mãos à obra, e com a ajuda do

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogs de Portugal

Bloglovin