Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A receita mais desejada da Tailândia

IMG_20180503_115007.jpg

 

  

Depois de ter escrito este post, recebi vários pedidos para partilhar algumas das receitas dos pratos que aprendi a cozinhar na Tailândia. Um deles foi o Mango Sticky Rice que pelos vistos deixa saudades a muita gente. Como às vezes até ando bem disposta e gosto de vos mimar, reseolvi aceitar os discos pedidos e aqui vai a receita do Mango Sticky Rice. 

 

 

E se aprendessemos a cozinhar na Tailândia?

IMG_20180503_122238.jpg

 

 

Como muitos que me seguem nas redes sociais perceberam, andei três semanas ali pela Ásia, com algumas aventuras pelo meio. Sinto que vos estou a dever alguns posts sobre a viagem, mas como no momento em que escrevo este post sinto uma fome desmedida, um saco roto que nem uma posta à mirandesa conseguiria tapar, irei falar de culinária. 

 

Como alguns sabem, há uns anos que deixei praticamente de cozinhar. O Mais Que Tudo adora cozinhar, é o seu anti-stress diário e cozinha divinalmente. Quem sou eu para me meter nesta relação Homem-Cozinha? Ninguém! Sou ninguém. E por isso deixo-me estar quietinha no meu canto enquanto enfardo os pratos magnificos que ele vai

 

Não importa se faz frio, chuva ou calor: qualquer dia é um bom dia!

IMG_20180201_201904.jpg

 

Esta foi mais uma das receitas que o Mais que Tudo preparou para um jantar. E eu confesso, torci o nariz. Por muito que goste de saladas tenho um palato muito tradicional e aquela coisa muito sul da Europa que almoço e jantar sao pratos quentes e de faca e garfo. Sobretudo quando faz um frio do caralho do catano lá fora! Tenho que admitir: fiquei fã. Mas fã à séria que agora quando fazemos o menu de jantares para a semana estou sempre a votar para que esta salada volte à mesa! Além disso, é tao fácil de fazer que até eu própria já a preparei. Meia hora e está pronto a servir! Vejamos então a lista de ingredientes:

 

 

Como tornar as tardes frias em algo bem mais agradável?

Tal com em Portugal, o frio em Bruxelas tem estado no seu melhor. Apesar de termos dias mais solarengos do que é habitual, certo é que as tardes de Domingo têm sido passadas no conforto do lar e em modo descanso. 

 

Contudo, no Domingo que passou recebemos um amigo para um chá, nao das cinco, mas das quatro, que lançou um desafio: chá às 4h, que ter para trincar? Eu não tolero

 

Os melhores nuggets de frango de sempre!

IMG_20180127_201727.jpg

 

A vantagem de ter um chef de cozinha cá or casa é que todas as semanas surgem menus novos à mesa. Temos por hábito fazer uma vez por semana um jantar de tapas, mas que obviamente tudo à mesa tem que seguir alguns preceitos para que eu não acabe enfiada no wc. 

 

Um destes dias saiu da cozinha uns nuggets de frango feitos no forno de comer e chorar por mais, cuja receita andava por este site. São fáceis de fazer, saudáveis e bons, bons, bons! Senão, vejam a receita, experimentem e digam da

 

A melhor ideia culinária que tive este ano: papas de aveia em frascos de vidro!

Chega a uma certa altura na manhã que não importa quão bem tenha comido ao pequeno almoço, fico com um rato no estômago. Uma espécie de buraco negro que me atormenta, tolda-me o cérebro e a produtividade laboral descresce a olhos vistos. Umas vezes trazia iogurtes (e até dava para pôr do lado de fora da janela considerando o frio que faz) mas no Verão sem frigorifico no gabinete a coisa torna-se mais delicada. Sandochas, bom, a minha relação com o pao está a entrar nos eixos, mas não quero abusar e andar a comer pão todos os dias. Bolachas caseiras, como a receita que partilhei aqui, são sempre uma opção, mas nem sempre há tempo (ou motivação) para passar uma hora na cozinha. Não, tinha que encontrar algo rápido, eficaz e apetitoso que aqui a je desde que tomou cortisona há uns anos, tornou-se num bom garfo. 

Bom no Domingo, recorri ao amigo Google. Introduzi as seguinte palavras: oats almond milk e chia. Basicamente era o que havia em casa e a malta tem que fazer as omoletes com os ovos que tem. Apareceram dezenas de resultados, mas meu caros, escolhi bem! Escolhi uma combinação vencedora!

 

IMG_20180115_084908.jpg

 

 

 

 

Encontrei a solução para o meu vício: sem açucar, sem ovos e sem lactose!

 

Se me perguntassem qual o meu vício eu diria: chocolate. Livros também, mas nada se compara ao chocolate. Infelizmente, aqui a je tem que ter cuidado com o que mete à boca, sobretudo porque é o cuzinho que paga. Paga porque não larga os tampos da sanita e porque agora que a coisa começa a dar descanso, o cuzinho começa a crescer. Se não tenho cuidado, ainda o Benfica festehará o campeonato à volta do meu rabo. Adiante. 

 

Numa nas minhas inscursões culinárias tropecei numa receita partilhada pelo Casal Mistério: Trufas de abacate e chocolate. E o meu coração palpitou! Abacate e chocolate? O meu estomago lançou fogo de artificio melhor do que o da passagem de ano na Madeira. Depois vi os ingredientes, a receita e fiquei eufórica: eu posso comer isto!

 

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Onde compro livros

Blogs de Portugal

Bloglovin