Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sindrome Instestino Irritavel vs Doença Inflamatória do Intestino: o duelo de titãs?

 

 

 

Por várias vezes vi comentários de pessoas com DOença Inflamatória do Intestino (Crohn ou Colite Ulcerosa ou outra que faça parte do rol das DII) que quase espancaram alguém que os aproximou e disse que tinha Sindrome de Intestino Irritavel (SII) e que por isso sabia "o que estás a passar". Confesso que eu própria, sobretudo quando passo por crises, já o pensei, embora tenha optado por um sorriso e silêncio. Simplesmente porque todos temos as nossas dores e todos as sentimentos de forma diferente. qualquer problema de saúde tem um impacto na vida das pessoas. Não é um caso de um ser mais grave do que outro, mas de perceber que para aquela pessoa, aquela condiçao teve um impacto grande. É melhor ou pior ter SIndrome do Intestinto Irritavel (SII) do que uma das Doenças Inflamatórias do Intestino (DII)? Eh pá: sinceramente não sei. Venha o diabo e escolha! O ideal seria mesmo mesmo que não houvesse nenhuma das duas! 

 

É certo que ambas patologias se tocam em algumas coisas: ambas afectam o sistema digestivo, alguns sintomas como a diarreia, dores abdmoninais e inhaço são comuns. Contudo, é precisar não confundir uma e outra até porque cada uma afecta o organismo de forma diferente e os tratamentos necessários são igualmente diferentes. Quais são as diferenças? Bom, vou dar alguns exemplos:

 

 

1) Causas

SII é um distúrbio funcional, o que significa que o sistema digestivo tem um aspecto normal, mas nem sempre funciona adequadamente. DII é uma condição crónica (contínua e sem cura) que resulta em inflamação e, algumas vezes, dano à estrutura dos intestinos. A DII é uma condição auto-imune, ou seja, de uma forma muito simplificada, resulta de um sistema imunitário que ataca o intestino provocando inflamação, úlceras etc. Dependendo do tipo de DII, pode atacar todo o sistema digestivo ou parte (por exemplo, a Colite Ulcerosa limita-se apenas ao intestino grosso).

No Síndrome do Intestino Irritável não há inflamação, úlceras ou outros danos estruturais nos intestinos e "ataca" somente o intestino grosso. No caso do Sindrome do Intestino Irritavel, o sistema digestivo parece normal, mas não funciona como é suposto. 

 

2) Exames biológicos 

No caso do Sindrome do Intestino Irritavel, como não há inflamação, os exames ao sangue e fezes são na verdade pouco eficazes para detectar a condição. Ou seja, pessoas com SII não têm qualquer sinal clínico da condição e por vezes têm resultados normal nos exames clínicos. O diagnóstico de Sindrome do Intestino Irritavel consegue na verdade ser um grande desafio porque o tracto digestivo parece normal durante uma colonoscopia, testes de imagem (tipo ressonâncias magnética) não mostram nada de usual. O diagnóstico acaba por ser feito com base no tipo e na frequência dos sintomas.

Por outro lado, a DII sendo uma doença inflamatória do trato digestivo, é possivel observar as alterações estrtuturais no intestino numa colonoscopia.  A inflamação prolongada pode na verdade causar alterações estruturais no intestin. A inflamação pode levar a complicações graves, como fístulas, estenoses (estreitamento do intestino) e abscessos. Os testes de sangue e fezes mostrarão que há inflamação no corpo.

 

3) Sintomas

O Sindrome do intestino irritavel é caracterizado por uma combinação de: dor abdominal, cólicas, prisão de ventre ou diarreia. As doenças Inflamatórias do Intestino podem causar os mesmos sintomas, e ainda: inflamação ocular, fadiga extrema, cicatriz intestinal, dor nas articulações, desnutrição, sangramento retal, perda de peso, anemia, febre. As DII podem ainda ter outras patologias associadas extraintestinais como problemas dermatológicos e reumatológicos. 

Tanto o SII como a DII podem causar urgência (isto é, necessitar de um wc asap!). (A lista descrita para ambas as condições aqui não é exaustiva, ok? Baseou-se apenas nos sintomas mais frequentes e comuns)

 

 4) Tratamentos

O Sindrome do Intestino Irritavel pode ser tratado com certos medicamentos, como antiespasmódicos intestinais. Alterações dietéticas e de estilo de vida são o que parecem ajudar mais. Pessoas com SII devem evitar agravar sua condição com alimentos fritos e gordurosos e bebidas com cafeína, por exemplo. Tal como na DII, a dieta tem um papel importante no agravamento dos sintomas.

O tratamento para uma DII depende da forma diagnosticada (Crohn/ Colite Ulcerosa) e do grau de severidade de inflamação. O principal objectivo é tratar e prevenir a inflamação porque ao uma inflamaçao prolongada no  tempo irá danificar os intestinos. Uma DII, ao contrário do SII, pode requerer corticoides, imunossupressores, imunomodeladores e em certos casos, cirurgia para remoção total ou parcial do intestino. 

 

 

 

10 comentários

Comentar post

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Onde compro livros

Blogs de Portugal

Bloglovin