Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

O que aprendi até agora com os atentados de Bruxelas

 

1) Não se está a salvo em lado nenhum. Estas merdas acontecem quando e onde menos esperas.

 

2) O melhor é mandar mensagens por qualquer aplicação que não implique usar rede móvel. Internet foi a safa. Estive sem telefone praticamente o dia todo: não fazia nem recebia chamadas o que não ajudou a acalmar a família que tentava desesperadamente falar comigo. Messenger, Facetime, Whatsapp, Viber foram os melhores amigos.

 

3) O melhor é sempre ter comida não perecível tanto no escritório como em casa. Ficar retido nos edíficios até que seja seguro sair por vezes demora mais do que esperado. Por muito que goste de chocolates, almoço de chocolates não puxa carroça.

 

4) Há sempre idiotas com ideias estúpidas. Há sempre pessoas que conseguem manter a calma. Há sempre alguém disposto a ajudar.

 

5) Por muito que se queira, anda-se na rua a olhar por cima do ombro e de lado para as pessoas com quem nos cruzamos que têm um ar esquisito.

 

6) O som das sirenes e buzinas torna-se tão banal que já nem ligas quando começas a ouvir-las lá ao longe. Ficas no passeio, esperas que passam e segues a tua vida. 

 

7) Têm um plano de crise? Esqueçam: vai ter mais buracos que uma cama de rede. Ou sabem improvisar ou estão tramados. Ah! e estejam preparados para o alterar inúmeras vezes. Por vezes, várias vezes numa única hora.

 

8) O Twitter é o melhor amigo para ires percebendo o que se está a passar. Com o fluxo de informação existente, sabes sempre se há transportes, se podes sair, se deves ficar em casa. Seguir a polícia, o centro de crises, a empresa de transportes, um ou outro jornalista não sensacionalista é sempre obrigatório.

 

9) A gestão de crises da TAP é uma merda. Nunca reagem a tempo e horas, dizem uma coisa na imprensa quando na realidade fazem outra, dão alternativas pouco viáveis. Ah! E quando dizem "coiso e tal podem alterar o voos para outro sem custos adicionais" é tanga. Só acontece se mudares para um lugar dentro da tua tarifa. Se por acaso há lugar num outro avião, que por acaso é na executiva e tu tens um bilhete na económica, mesmo em situações extremas como... um atentado, lixas-te: pedem-te para pagar a diferença (que no meu caso era mais 405€ aos 230 que eu já tinha pago) e é se queres. 

 

10) Irá haver desconhecidos que te irão surpreender só porque sim, irá haver conhecidos que se lembrarão de ti passado uns dias, haverá pessoas que nem se vão lembrar. Os amigos estarão sempre lá para ti, independentemente da sua localização geográfica. Ajudar-te-ão em tudo o que podem, nem que seja ao trocarem mensagens sobre coisas parvas.

 

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.