Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

22 de Abril, 2016

Fui atacada por um pato devorador de relva

Vera Gomes

IMG-20160421-WA0002.jpeg

 

Ontem a M. fez anos. Fomos por isso aproveitar o solinho bom que se fez sentir e rumamos à Floralia, uma exposição de flores num "castelo" que tem lugar todos os anos por esta altura (deixo os pormenores e as fotos para outra altura). O que agora me traz aqui é o choque e o trauma de ter sido atacada por um pato. Sim, um pato. Que

devora relva (deixo vídeo do dito e do seu compincha a devorar relva como se a sua vida dependesse da quantidade de relva que devora por hora).

 

Estava eu toda feliz e surpreendida por ver um cisne e um pato a deambularem pela propriedade, a tirar fotos e a filmar, quando o estupor do pato, se aproximou e sem que ninguém esperasse, mordeu-me uma perna. Doeu à séria. Como a dor persistia, levantei as calças e eis que... uma bruta nódoa negra!

 

Pato, debulhador de relva, se me estás a ouvir: ontem jantei um primo teu. Prepara-te, porque se puder, qualquer dia serás tu!