Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

27 de Julho, 2016

Budapeste é catita!

Vera Gomes

SAM_5632.JPG

 

Fiz uma escapadinha de Verão a Budapeste. Nunca tinha lá ido e era uma daquelas cidades que estava pendurada na lista do "A visitar" já nem sei há quantos anos... E posso dizer que adorei! Entre Praga e Budapeste, creio que Budapeste é a eleita. Se calhar o céu azul e o calor que se fez sentir ajudou a nutrir este sentimento. A cidade é

limpa, gira, com uma arquitectura muito interessante, cheia de vida e, meus amigos, estátuas em tudo quanto era canto! Estátuas na rua, no passeio, no jardim, nas fachadas dos prédios. Não estamos a falar de estatuinhas, estamos a falar de estátuas à séria que mostram o quão imponente a Hungria e Budapeste foi em tempos idos (fotos noutro post).

 

Visitei os pontos obrigatórios da cidade (o Parlamento, a Catedral, o Castelo de Buda) mas também subi a colina até à Estátua da Liberdade (e meus caros... que colina! Que subida!), fui à praça dos Heróis, fui literalmente a banhos (que acredito serem uma experiência bem diferente e interessante no Inverno do que quando estão mais de 30 graus...), sentei-me à beira rio a bebericar uma água e a apreciar o pôr do sol.

 

Uma outra coisa que adorei em Budapeste, e sim, em causa própria, foi a simpatia nos restaurantes e cafés. Como tenho restrições alimentares e intolerâncias que não lembra ao diabo (por exemplo, à pimenta, lactose, etc e tal) torna-se um bocadinho difícil quando viajo encontrar um sítio para comer. Fiquei bastante surpreendida pela positiva com Budapeste. Não só existem milhentos sítios com comida e menus específicos para intolerâncias à lactose, gluten, ovos, para diabéticos, como preferem perder um cliente (no caso eramos três) do que correr o risco de servir algo que me fizesse mal. Claro que fiquei ainda mais fã quando descobrimos uma casa de gelados perto da Octogon sem açucar, sem lactose e sem gluten. Uma paraíso na terra!

 

Budapeste é uma cidade catita, simpática e que vale a pena visitar.

 

SAM_5585.JPG

 

SAM_5665.JPG