Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

22 de Março, 2016

Bruxelas: a incerteza do desconhecido

Vera Gomes

A hora de almoço foi um caos. Não nos deixaram sair do edificio por motivos segurança. Muitas lojas e restaurantes estão fechados em grand eparte porque não conseguiram receber os fornecimentos matinais de frescos.

 

No meu edificio, e como é habitual nesta semana, a cantina e a cafetaria estão fechadas. Como temos ligação interna com outro edificio "assaltamos"  cantina do outro edificio. Caos. Longas filas, rações pequenas para se garantir comida para todos. Aguardamos instruções até porque a certa altura teremos que regressar a casa.

 

Falei com outros amigos que estão noutras zonas do quarteirão europeu. O cenário é idêntico: não sair do edificio, comida na hora de almoço não foi fácil de se conseguir.

 

Impera um silêncio nas ruas que é de certa forma assustador, tendo em conta a barulheira que imperou quase toda a manhã.

 

Ainda não sei se conseguirei voar para Portugal amanhã ou não, mas já comecei a mentalizar que este ano a Páscoa será em Bruxelas, com muitos ovinhos de chocolate.

8 comentários

Comentar post