Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

05 de Março, 2018

A normal anormalidade: porque é importante falar com ET’s?

Vera Gomes

download.jpg

 

 

Durante a minha última crise tive momentos de epifania brilhantes. Um deles que me marcou foi quando nas consultas com o meu gastro lhe dizia com um sorriso de orelha a orelha: Já SÓ vou, em média, 8 vezes por dia ao WC. E o médico ficava com um ar sombrio e nem de perto partilhava a minha felicidade de já SÓ ir 8 vezes por dia ao wc.

 

Quando cheguei a casa, o Mais que Tudo perguntava-me “então, como correu a consulta? Que te disse o Franchimont?” E eu dizia-lhe: “eh pá, o homem não falou muito (o que normalmente é mau sinal). Eu disse-lhe que estou impecável, já só vou 8 vezes ao wc e ele fez um ar preocupado. Não percebo!”

 

E a resposta que tive, fez cai a ficha: olha lá, sabes que o normal é ir uma vez por dia ao wc, não 8!

 

Pois... são já mais de dez anos de Colite Ulcerosa. Dez anos de médicos, hospital, medicação, exames e tubos em sitios que preferia nem saber ser possivel. São anos de dores aqui, cólicas acolá, inúmeras idas ao wc, inchaço, fadiga, borbulhas em sitios miseráveis, radar incorporado de localização de wc. Este é o meu dia a dia. A minha anormalidade tornou-se no meu normal. E tal como a mim o anormal tornou-se banal, assim é a normalidade de muitos dos que sofrem de uma das Doenças Inflamatórias do Intestino.

 

No mundo de uma DII os ET’s são os normais, aqueles seres de outro mundo que são saudáveis, não têm um sistema imunitário marado e que não sonham sequer como é viver com uma DII. A verdade é que só em conversas com os ET’s deste mundo se percebe que a nossa normalidade é na realidade uma anormalidade ao seu mais alto nivel.

 

Contudo, os ET’s não estão muito virados para ouvir sobre diarreias, idas ao wc, barrigas inchadas, cólicas, gazes, problemas de pele, problemas nas articulações, dores aqui, dores acolá. Por seu lado, o anormal normalinho fecha-se e fica no seu mundo de anormalidades.

 

Uma vez disseram-me que para criar um novo hábito ou rotina basta ser regular e repetir o hábito no minimo 3 vezes por semana durante três meses. Uma DII vem para ficar. Logo, tendo por base esta teoria, significa que ao fim de três meses, as dores, as cólicas, as idas ao wc, etc etc torna-se a nova rotina. Tornam-se normais. O que é normal para um ET nunca será o normal para uma pessoa com DII. Por isso às vezes quando me dizem “faço uma vida normal” pergunto: vida normal pelos critérios de quem? De uma pessoa sem DII ou de uma pessoa com DII?

 

Dá que pensar, não é? Qual é a vossa normalidade? E normal pelos critérios de quem?

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.