Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

01 de Setembro, 2005

Protesto aos terminais de multibanco

Vera Gomes

Venho por este meio apresentar a minha indignação e protesto aos terminais de multibanco dos supermercado, hipermercados e afins.


Não é possível que nos dias que correm os terminais leiam os cartões multibanco apenas quando lhe apetecem. Fazer passar as pessoas por vergonha quando estão numa fila de supermercado é tortura social! Senão reparem: hoje fui ao Pingo Doce comprar umas coisitas de trincar. Levei dinheiro e um cartão multibanco para o caso de o dinheiro não chegar. Ora bem.... o dinheiro não chegava. Apresentei o cartão multibanco à menina adolescente simpática em demasia que prontamente passou o cartão na ranhura. Ouviu-se um estrondoso "piiiiiiii" a que a menina, sempre com simpatia em demasia, me disse: "não está a passar". Todas as artimanhas possíveis foram utilizadas por aquela menina de ganchos às florzinhas na cabeça: o saco plástico, o limpar a banda magnética do cartão e nada... Entretanto a fila aumentava e olhavam para mim como quem diz: "devias ter vergonha! se não tens dinheiro não levasses tanta coisa!" Bem disse: "não posso crer! Logo hoje que só trouxe este cartão!" Foi pior a emenda do que o soneto. Os olhos de quem esperava tornaram-se mais raivosos que um cão prestes a ser abatido por ataques de raiva.


Estou convencida que se trata da forma de divertimento mais preversa que os terminais arranjaram para gozarem connosco. Na realidade, aquelas maquinazitas são um exército de chips e fio e afins que se uniram para nos fazerem passar vergonha à frente de montes de gente...


Conclusão: a única forma de defesa contra estes ataques vergonhos é levarmos sempre connosco mais do que um cartão e dinheiro em força!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.