Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

08 de Dezembro, 2017

4 sugestões para um pequeno almoço alternativo

Vera Gomes

Cheguei a um ponto da existència da minha doença que  deixei de tolerar pão, leite, açucar, ovos, chá preto... e confesso: as minhas opções para pequeno almoço começaram a ficar limitadas. Quando se esgotam os ovos e ainda asssim é preciso fazer omoletes, bom, é nessas alturas que a necessidade aguça o engenho e a criatividade entra em acção. 

 

Partilho por isso 3 opções regulares daquilo que sao os meus pequenos almoços (e note-se que sou bom garfo, portanto tem que ser coisas que encham a pança). 

 

1) Tostas de batata doce com queijo fresco

IMG_20170825_081325.jpg

Ok... esta foto tem alguns meses, porque já não tomo tanta medicação ao pequeno almoço. mas abstraiam-se das drogas  foquem-se nas tostas. De batata doce sim! Simples e rápidas de fazer. Fatia-se a batata doce, mete-se na torradeira até estarem cozinhadas mas ainda estaladiças e põem em cima o que quiserem. Eu costumo pôr

queijo fresco e umas ervas aromáticas (na foto está Za'atar, mas pode muito bem ser oregãos). Podem fazer as tostas de batata doce como bem entenderem, tal e qual como fazem com o pão: fiambre, compota, queijo etc. Ah! Com a vantagem que a batata doce sacia bastante e é rica em nutrientes!

 

 

 2) Papas de aveia

IMG_20170831_080706_BURST001_COVER.jpg

Uma opção simpática e saciante para quem como eu tem um apetite descomunal ao pequeno almoço, é papas de aveia. Faz-se num instantinho (demora no máximo 5m), é saudável, sem lactose, sem açucar adicionado e com várias combinações possível. Eu irei mostrar-vos duas (a foto de cima e a debaixo) mas nem a imaginaçao é o limite. 

Como fazer? Fácil. Eu ponho um tacho em cima da balança e meto a zeros. Meto 25 grs de flocos de aveia. Balança a zeros novamente. O passo seguinte é a gosto. Eu prefiro "leite" de amendoa, coco ou aveia. Seja qual for a vossa escolha, são 225grs. Tacho no fogão. Agave e canela em pó a gosto lá para dentro.  Mexam com frequência. Retirem do fogão quando tiver a consistência que preferem (mais ou menos liquido). Podem decorar com canela em pó (foto em cima). Mas também podem adicionar frutos secos (a foto de baixa tem amendoa que é o que gosto); ou fruta verdadeira (por exemplo maçã); ou menta fresca picada; ou o que quiserem e vos der na real gana!

 

IMG_20170905_072229.jpg

 

 

 

3) Tosta com queijo fresco

 

IMG_20170915_094947.jpg

 

Tive mais de um ano sem tocar em pão. E acreditem é dificil porque ADORO pão. Por isso uma das minhas alternativas eram tostas (das mais normalinhas e básicas que há no supermercado). Umas vezes com queijo fresco (como a foto mostra); outras vezes com fiambre; umas vezes com um bocadinho de compota. Enfim, podem meter em cima o que quiserem. Para dar um bocadinho mais de sabor ao queijo e ao fiambre, normalmente junto-lhe umas ervas: oregãos ou alecrim etc. A foto é queijo fresco com Za'atar, uma mistura de ervas que trouxe da Jordânia há uns meses atrás. 

 

4) Muesli com Iorgute natural

Ok. Não tenho foto desta porque me só me lembro da foto depois de ter mandado a abaixo. De qualquer forma o conceito é básico: muesli, ou feito em casa (e encontram receitas em buereré de sites) ou comprado no supermercado (atenção ao nivel de açucar porque normalmente estão pejados dele) e iogurte natural (ou iorgurte grego ou qualquer outro tipo de iogurte que gostem). Metem tudo dentro de uma taça, mexem e tchan thcan! Breakfast is served!

 

 5) E para beber, perguntam vocês?

 Bom.. eu não bebo leite, primeiro porque comecei a ser intolerante à lactose e não dá. Segundo porque mesmo com o leite sem lactose notava que a minha tripa não ficava sossegadita. Ao longo dos 10 anos de colite fui experimentando as bebidas vegetais de toda a espécie. A única que ainda suporto é a de aveia, mas não sou morro de amores. Bebidas vegetais para cozinhar sim, para beber nem por isso. Como o chá preto e a tripa também não vão à bola, comecei a virar-me para outros chás, como cidreira, tília, e tisanas, sejam elas quais forem. Lá em casa temos um sortido tal de chás, que cada vez que digo numa lja "ai vamos levar este para expermentar" levo um raspanete sobre a quantide de chás que há lá em casa...

 

 

E vocês, que tomam para pequeno almoço?

 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.