Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

29 de Junho, 2013

Dia cultural em Bruxelas....

Vera Gomes

Hoje dediquei o dia a actividades culturais.

 

Amanhã é o último dia para uma exposição de Kandisky e outros artistas russos da época e não podia perdê-la! Apesar do custo elevado do bilhete (17,50€), a exposição vale todos os cêntimos! Além disso, pode-se pedir o audio-guia e é gratuito. E há em horas determinadas visitas guiadas. 

 

 

 

E hoje "menino que mija" cá do sitio, sim esse emblema da cidade de Bruxelas vestiu-se a rigor para a Volta a França:

 

 

 

E houve pessoal que resolveu almoçar bem lá no alto... E sim, metia impressão só de me imaginar lá em cima a almoçar. Note-se, que não só estavam todos "sentados" à mesa, como as cadeiras rodavam para melhor apreciarem a vista, e a mesa oval, com um buraco no meio, tinha lá os chefes que serviam a comida. Caso para se dizer.... há malucos para tudo!

 

 

 

 

 

 

Contudo, no regresso a casa fui comprar uns cupcakes à Mariana, até porque gostei da proactividade dela e achei que devia de certa forma recompensá-la pela ajuda (mesmo que não saiba) que o blog dela me deu na minha mudança para Bruxelas. 

 

 

(a cobertura em falta deve-se a um dedo matreiro não sei bem de quem.... :P ) 

 

Obviamente, que a visita à Mariana implicou a ida a um evento inesquecível: Le meilleur du Portugal, que é como quem diz, O Melhor de Portugal!

 

 

 

 

Ele havia as bancas de comida a lembrar os nossos arraiais, e havia uma série de barracas com produtos agrícolas nacionais: desde os enchidos ao vinho e ao mel. Confesso que considerando os nossos preços em Portugal, achei algumas coisas um bocadinho inflaccionadas. Mas foi bom ver os produtos portugueses a terem alguma promoção. Até porque verdade seja dita, comidinha como a nossa não há em mais lado nenhum! Falei com italianos, holandeses, belgas, portugueses e até brasileiros! PT para o mundo!!!

 

Foi bom ao fim destes dias conseguir ter uma conversa, mesmo que fosse sobre o tempo, em português. Sem constrangimentos linguísticos que têm imperado nos últimos 4 dias. E sempre deu para praticar o francês e o inglês ao vender cupcakes para a Mariana :P Os dotes de comercial continuam em alta!!!! : )

 

O único senão, na minha opinião foi mesmo a escolha musical. Baseou-se todo o programa num estilo musical que... bom... convenhamos, não nem perto nem de longe o melhor de Portugal. E à saída, quando já regressava a casa depois de ajudar na venda da Mariana, juro que ouvi a Bruna Guerreiro a dizer: "seguidamente vou cantar um inédito. ". Enfâse para o seguidamente...