Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

31 de Maio, 2012

Home Sweet Home

Vera Gomes

Acabadinha de chegar a casa sabe sempre bem regressar ao nosso lar. Isto de se viajar em trabalho só tem piada nas primeiras duas ou três piadas. Depois começa a ser cansativo, percebe-se que acaba-se por trabalhar muito mais, enquanto estamos lá o trabalho continua a amontoar-se na secretária. Nemtudo é mau, claro. É sempre uma aragem para quebrar a rotina, conhecer pessoas novas e ir descobrindo uma cidade aos poucos, saboreando cada visita com muito mais tranquilidade.

 

Esta viagem foi contudo  mais atribulada. Quando cheguei ao hotel nem sai porque tinha trabalho para fazer antes da reunião de ontem. Ontem reunião com um final de dia giro: abordada na rua por um rapaz, giro, inteligente, com quem foi uma lufada de ar fresco dar um passeio a pé pela cidade. (Não, não sou doida: deixei carteira e docs no hotel, avisei uma amiga que ia sair e que daria noticas daí a uma hora e fui eu quem escolheu o percurso). 

 

Claro que não havia bela sem senão, e ontem quando sai da reunião, baixei-me para apanhar algo que me caiu e pimba: senti o joelho bom a estalar por tudo quanto era lado, uma dor agudíssima e parece que perdi a força na perna. Lá andei e acabei por deixar de sentir dor. Pois... isso foi ontem, porque hoje mal sai da cama, até me vieram as lágrimas aos olhos com a dor. E agora... cá estou em: no conforto do lar de perna esticada e gelo no joelho. Há sempre uma aventuras (ou mais) nas minhas viagens....

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.