Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

22 de Julho, 2019

A fingir que isto é um blog de culinária

Vera Gomes

YUM!.png

 

Ora, é sabido que eu e os ovos temos tido uma relação díficil desde a minha última crise. Já lá vão quase três anos que volta e meia tento reintroduzir ovos para não ficar a babar nos ovos estrelados do Mais Que Tudo, sobretudo naquela parte que ele mergulha o pão na gema. 

 

No ano passado tentei e correu muito mal. Este ano já vou na terceira vez e a coisa tem estado a melhorar. Creio que mais ou duas vezes e poderei voltar aos ovos (sem exagerar, claro!). Nas minhas tentativas tento fazer sempre de forma diferente. Por exemplo, ovos cozidos e o meu sistema digestivo nunca foram à bola (com ou sem colite). Mas ovos mexidos ou estrelados sempre marcharam sem problemas, por isso, creio que em breve voltarei a ter mais hipóteses nos pequenos almoços nos hóteis (para quem viaja tanto como eu, sabe que por vezes os ovos são a nossa única esperança). 

 

Adiante! O objectivo deste post é partilhar convosco a receita de ovos que experimentei no Domingo. Aviso já que a vi num site qualquer e não me lembro qual foi, por isso, não me acusem de plágio. Para esta magnifica receita irão precisar de:

  •