Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

08 de Outubro, 2018

O meu primeiro (e espero último) internamento

Vera Gomes

IMG-20161020-WA0005.jpeg

 

 Admito: em 2016 estava mesmo mesmo na merda. Entrei de baixa no dia 2 de Agosto e sem data de regressar à minha vida normal, de uma forma completamente inesperada (apenas para mim que andava em negação). Há meses que não andava bem, tinha semanas em que andava melhor, semanas em que não me aguentava de pé entre perdas de sangue e diarreia. Devo admitir que houve algo positivo: é só nas alturas de crise que perco a celulite nas pernas, mas infelizmente o motivo para isso é que perco imenso peso, gordura, massa muscular e sabe-se lá mais o quê.

 

Duas semanas depois de ver o médico (uma terceira opinião), comecei a fazer o tratamento biológico (o Infliximab) e a participar num estudo clinico. Desde o ínicio que o médico dizia “acho que vais ser uma late responder”, como quem diz, a coisa não vai funcionar logo logo, mas com o passar das semanas, percebeu que “eh pá: se calhar enganei-me”. Na semana 10 de tratamento, fizemos a colonoscopia de controlo. Silêncio brutal na sala. Apesar de todas as