Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

É preciso falar disto!

34012877_10216762222631902_8519974629924667392_n.j

 

 

A curiosade matou o gato. E eu feita estúpida, cai na esparrela e a curiosidade matou-me a sanidade mental que ainda restava. Já tinha visto aqui e ali algumas pidas e bocas em relação à Maria Leal. E por isso decidi ir ao youtube e procurar o hit de Verão da Maria Leal. Erro crasso. Partilho connvosco as minhas 7 rápidas reflexões sobre o que vi e ouvi.

 

1) Que puta raio de coreografia é aquela?! É que até as pequenas do Big Show Sic conseguem ser mais naturais e

 

Uma semana: foi quanto demorou!

la_casa_del_papel_by_djiguito-dc5vswu.jpg

 

Comecei num voo para o Porto e enfardei três episódios. Depois tive um fim de semana em casa dos meus pais. Enfardei mais uns quantos. Um voo para Lisboa: mais um. Uns dias em Lisboa e um voo de regresso a Bruxelas: perdi a conta aos que vi. O que sei que quando terminei os 3 episódios em falta, percebi que mamei duas tempordas de La Casa de Papel exactamente numa semana. 

 

A última vez que enfardei episódios desta forma foi com o House of Cards e o Game of Thrones (que há uns anos atrás teria feito a minha vida muito mais fácil quando na Universidade tinha que estudar geopolitica e estratégia e similares). 

 

Ainda resisti um tempinho à La Casa De Papel. Volta e meia lia uns comentários ou piadas sobre a dita, mas não

 

"As pessoas falam mais facilmente de sexo do que das idas à casa de banho"

IMG_20180523_120751.jpg

 

Na semana passada quando passei por Lisboa, tive o prazer de ir dizer uma baboseiras ao É a Vida Alvim. Sobre as Doenças Inflamatórias do Intestino (Crohn & Colite Ulcerosa), sobre a petição da qual sou uma das signatárias e que aguarda que a Assembleia da República marque a data para discussão e outras coisas. Afinal de contas, eu sou multitudes!

 

Para veres os 25 minutos de baboseiras, aqui fica o vídeo:

 

 

 

 

E se aprendessemos a cozinhar na Tailândia?

IMG_20180503_122238.jpg

 

 

Como muitos que me seguem nas redes sociais perceberam, andei três semanas ali pela Ásia, com algumas aventuras pelo meio. Sinto que vos estou a dever alguns posts sobre a viagem, mas como no momento em que escrevo este post sinto uma fome desmedida, um saco roto que nem uma posta à mirandesa conseguiria tapar, irei falar de culinária. 

 

Como alguns sabem, há uns anos que deixei praticamente de cozinhar. O Mais Que Tudo adora cozinhar, é o seu anti-stress diário e cozinha divinalmente. Quem sou eu para me meter nesta relação Homem-Cozinha? Ninguém! Sou ninguém. E por isso deixo-me estar quietinha no meu canto enquanto enfardo os pratos magnificos que ele vai

 

3 pontos essenciais a reter do Yoga

yoga-poses-628x363-TS-117703611.jpg

 

 

Há mais de duas semanas que ando a esticar-me e torcer-me e a contorcer-me com o yoga, tal como expliquei aqui. Estou orgulhosa de mim: tenho sido regular, o que no meu caso, mestre mor na preguiça no exercicio, é muito bom. Contudo, consoante a prática aumenta, vou tirando algumas ilações:

 

1) Seres do outro mundo

Se o Marylin Manson tirou uma ou duas costelas para fazer broches a ele próprio: é um menino. A tipa que passa no

 

E foi por isso que o Sábado foi roxo!

 

 

No sábado, dia 19 de Maio, comemorou-se o Dia Mundial de Sensibilização para as Doenças Inflamatórias do Intestino, sendo as mais conhecidas e comuns, Crohn e Colite Ulcerosa. É um dia que se celebra um pouco por todo o mundo, onde se tenta explicar o que são e o que implica. Em Portugal, no Porto, um grupo de doentes juntou-se à accção organizada pela APDI e dançou! Dançou porque esta vida, muita das vezes ingrata, de se ter uma doença crónica, não pode ser só agulhas, e medicamentos e batas brancas! 

 

Contudo, a luta de informar, sensibilizar e melhorar a vida destes doentes não se fica por um único dia. São todos os dias. E para os doentes, todos os dias para o resto da sua vida!

Crohn e Colite Ulcerosa na Imprensa

Pág. 1/4