Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

01 de Março, 2017

Querem saber como realmente é?

Vera Gomes

 

Tropecei neste vídeo num dos grupos de pessoas com doenças inflamatórias do intestino. Não é novidade nenhuma: tenho colite ulcerosa, talvez esteja a desenvolver Chron. Tomo 9 comprimidos de manhã mais duas saquetas de grânulos e à noite tomo 4 comprimidos e bebo um pózinho que sabe a limão. Fora, claro, a medicação mensal que faço no hospital. Mais os testes ao sangue, mais a visita médica de controlo. Acresce ainda as dores que tenho sentido nas articulações (o tempo belga também não ajuda) e as cólicas que de vez em quando resolvem voltar e que sejam a ser incapacitantes. Há também as noites mal dormidas, o cansaço constante e o extremo cuidado com tudo o que como. Esta é a realidade.

 

Agora aquilo que as pessoas vêem: um sorriso escancarado de orelha a orelha, o resultado positivo da maquilhagem, a energia doseada de andar de um lado para o outro, o dinamismo, a vontade de fazer, o tornar realidade ideias, o mover mundos e fundos para alcançar sucessos. Venho trabalhar com boa disposição, com alegria, com energia. Uns dias mais do que outros. Não sei se os engano a eles ou a mim, o certo é que nunca a Colite me parou e não deixarei que me pare. Abrandar? Talvez. Parar nunca!

 

Por isso o vídeo que partilho mostra aquilo que é a realidade versus aquilo que as pessoam julgam ser a realidade baseadas num esforço que pessoas com doenças crónicas fazem para ter uma vida (quase) normal. doenças como a cólite não vão embora: ficam connosco até ao fim. Uns dias melhores do que outros. Mas sempre sem parar!