Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

15 de Agosto, 2015

Escravas do Poder

Vera Gomes

IMG_20150815_182612.jpg

 

 

Acabei de ler este livro. Recomendo vivamente a leitura apesar do assunto ter tão de sério como de grave. Não é uma leitura leve pelos exemplos mencionados de casos reais.

 

Estima-se que cerca de 80% das vítimas de tráfico são entregues à prostituição. Lydia Camacho,  a autora, escreve sobre as conversas que manteve nos diversos canto do mundo  (e cita)  as vítimas, traficantes, mafiosos  e proxenetas. Demonstra a  ligação do tráfico sexual a vários tipos de indústrias  (turismo, pornografia, contrabando, droga, venda de orgão e terrorismo).

 

Por vezes tenho a sensação que vivemos tão no nosso mundinho que nem nos apercebemos do sofrimento alheio e do quão rasca e podre é a raça humana.

 

Deixo um excerto do final :

"Descobri que, para sermos sobreviventes, temos de o fazer em Liberdade. Só dessa forma se pode tomar a decisão de sair da dor. Só assim as meninas e os meninos resgatados da escravatura podem amanhecer um dia c om a certeza de que estar vivo entre humanos significa algo diferente. Então, renascem aos nossos olhos para nos darem lições sobre como reinventar a alma. Para que isto suceda, quem as acompanha no caminho deve partir de uma  noção  clara de  ética de alteridade."