Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

Botas da neve prontas a entrar em acção!

Parece que o Inverno chegou a Bruxelas. As previsões meteorológicas para os próximos dias, semanas, meses são:

- cold
- very cold
- fucking cold.

Com tanto frio, espero que neve um fim de semana. Não peço mais. No ano passado investi em botas de neve e ainda não tive oportunidade de as usar.

Alguém o avise, por favor?

Aqui no prédio temos uma lavandaria. Basicamente consiste numa mini arrecadação com uma máquina de lavar roupa, a que cada inquilino, tem um período reservado e exclusivo durante a semana para lavar a sua roupa. 

À sexta feira a partir das 18h começa a minha "slot". Hoje cheguei às 18h15 e havia roupa lavada na máquina que alguém se tinha esquecido de tirar. Deixei a minha roupa no cesto, ao lado da máquina, e vim até casa preparar qualquer coisa para comer. 

Ouvi barulho nas escadas e percebi que alguém estava na máquina de lavar. Continuei a fazer o que tinha a fazer (não largo comidinha por uma máquina de roupa) e quando terminei lá fui tratar da minha roupa. 

Oh meus amigos! Mal abri a porta fui atacada por um cheiro nauseabundo a suor. Mas daquele suor de alguém que não toma banho desde o tempo de Luís XIV! Vizinho nem vê-lo, silêncio nas escadas, portanto já tinha recolhido à toca. Mas pelo caminho deixou um rasto de mau cheiro, de suor intenso, como se estivesse a marcar o território com odores corporais pouco abonatórios a que qualquer espécie de fêmea se aproximasse dele. 

Por isso, cheguei a uma só conclusão: o meu vizinho está morto e não sabe. Alguém o avise por favor?

Par de luvas lindo lindo lindo

E baratinho, baratinho, baratinho. E sobretudo: quentinho, quentinho, quentinho!

Cheguei a casa e tirei as etiquetas, cortei o fio que as unia e guardei-as.

Uns dias depois fui usá-las, e... surprise, surprise! As luvas são, as duas, da mão direita....

Dia Internacional para a Eliminação de Violência contra as Mulheres

10420381_953604654654115_3527773073892595460_n.jpg

 É hoje. E eu subscrevo.

Pessoalmente já sofri várias formas de violência, felizmente sem grandes mazelas físicas, mas com muitas semanas a andar na rua a olhar por cima do ombro.

Violência não é só agressão. É o seguirem-nos na rua só porque querem meter conversa, é o assédio nas situações mais inusitadas e quando precisamos de ajuda, é olharem para nós e fazerem com que nos sintamos pequeninas (no meu caso ainda mais).

Já fui seguida, agarrada, assediada, abordada com propostas menos simpáticas. Já sofri tentativa de rapto e de violação. Já fui agredida na rua só porque sim. Conheço outras mulheres que foram agredidas por adolescentes enquanto lhe roubavam a carteira; a quem partiram o nariz por um desconhecido na rua só porque não tinham 1€.

E isto sem falar nas brutalidades que acontecem noutros países em que as mulheres são queimadas, apedrejadas, violadas, etc etc. Sem falar nas mulheres vítimas de violência doméstica, seja ela física ou psicológica. Quem sente a necessidade de desrespeitar a mulher só para melhorar a sua própria auto-estima, é uma besta!

Por isso, eu hoje apoio a cauda do Dia Internacional para a Eliminaçao da Violência contra as Mulheres.

 

#ViolenceAgainstWomen

 

1908030_10152441253931905_1907323054977339455_n.pn

 

1489192_849506928426900_4311633341224169777_n.png

 

1484011_677247172390780_2729929960854305605_o.jpg

 

 

 

 

 

Constatação de um facto

Estive de férias duas semanas. Usei relógio todos os dias (um giro que a tia emprestou resistente à água e tudo para andar nadar sem stress).

Voltei de férias. Indeliberadamente, nao uso relógio. Acabei de constatar que mais uma vez, não pus relógio no pulso.

 

 

 

Pág. 1/2