Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

15 de Novembro, 2013

Mudaram-se cá para casa....

Vera Gomes

Fui buscar uns livros que me pediram. Ainda nem tinha a certeza se estaria na livraria certa e já estes três estavam no meu regaço. São em francês, é certo. Mas eu já sou nível B1 e à que praticar!

 

14 de Novembro, 2013

O Segredo de Conpostela

Vera Gomes

 

 

Ontem foi dia de fazer a minha primeira visita à Livraria Orpheu (livraria portuguesa cá em Bruxelas) para assistir ao lançamento do último livro do Alberto S. Santos: "O Segredo de Compostela". Confesso que romances históricos não estão no topo das minhas preferências literárias, mas depois de ouvir como nasceu o livro, quais foram as fontes, como foi feita a pesquisa e claro, parte da história real retratada no livro, fiquei com curiosidade de o ler e já está na lista dos 3 livros em espera para ler.

 

Foi bom rever a Dr.ª Rosário Machado, actualmente Directora da Rota do Românico, que teve a honra de apresentar o autor e o livro e de certa forma matar saudades e relembrar os bons velhos tempos em que tive o privilégio de trabalhar com ela. 

 

 

08 de Novembro, 2013

Aguentei-me sem cair!

Vera Gomes

Meus caros amigos,

 

estou tão orgulhosa de mim mesma que mal posso esperar para partilhar o meu feito matinal.

Há há umas semanas que faço parte do percurso para o trabalho a pé, sem com a ideia de depois a certa altura, pegar numa das bicicletas que podemos alugar e fazer o resto do percurso montada na bicla até à estação que há mesmo em frente ao edíficio. Certo é que acabo sempre por arranjar uma desculpa esfarrapada e vir de autocarro.

 

Ora bem: hoje não houve desculpa. Limpei o assento da bicla com lenços de papel (sim, aqui tem chovido), pus a mala no cesto e lá comecei eu. Grande desafio logo assim para começar: atravessar a rua (o trânsito de manhã é infernal). Mas os condutores parece que adivinham: pararam para me deixar passar e depois foi só pedalar!

 

A certa altura, ainda balancei, ia albarroando uma outra ciclista (tadinha!) mas lá me aguentei sem ir ao chão e sem mandar nnguém ao chão. Foi a primeira vez em 26 anos que andei de bicicleta sozinha! Estou tão orgulhosa de mim mesma!!!!  : ))

 

(não é de hoje, mas foi numa destas que me aventurei)

06 de Novembro, 2013

Amesterdão

Vera Gomes

Como por estas bandas, 1 de Novembro ainda é feriado, resolvi passear o esqueleto pelas ruas de Amesterdão durante 3 dias.

A impressao inicial não foi assim espectacular. Acho que Amesterdão será muito mais interessante com céu azul, sol a brilhar do que com frio, chuva e 94% de humidade a pairar. Mesmo assim, tenho alguns conselhos úteis. Gorro, luvas cachecol sao obrigatórios. Se querem ver museus, comprem os bilhetes pela internet antes de lá chegarem. As filas para as bilheteiras são enormes. Estão a ver as filas para os pasteis de Belém ao Domingo em época alta de turistas quando chega quase aos Jerónimos? Pois... em Amesterdão as filas para bilhetes sao bem piores! Para quem quer saber, não, não experimentei drogas nem os coffee shops. Embora em algumas zonas bastava passar pelo passeio para levar com o aroma. O Red Light District tem coisas tipo "Banana Show" (nem quero saber o que poderá ser) e sim, as meninas são giras, boazonas e tal. Contudo, não achei assim muita piada porque comecei a pensar em coisas sérias como "quantas destas mulheres estão aqui por vontade própria?"...

 

De qualquer forma, a cidade tem coisas giras. O passeio de barco é engraçado. A oferta cultural é vasta! : )

 

(sim, estava céu azul mas um frio do c*****o)

Pág. 2/2