Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

Tuguices em Bruxelas

O aquecimento no prédio parece que deu o p***o mestre e desde ontem que não funciona. Ora, eu como frio não tolero lá muito, resolvi fazer uso da minha bela lareira para aquecer (ainda mais) o meu lar doce lar por estas bandas. 

 

Já diz o Zé Povinho que "a ocasião faz o ladrão" e por isso resolvi aproveitar a lareira acessa para assar um belo chouriço esquecido nas profundezas do meu frigorifico aquando do magnifico magusto que aconteceu neste lar. Lá o embrulhei em papel de aluminio e atirei-o literalmente às brasas. Quando o tirei a primeira vez pensei "eh pá! se calhar ainda nao está no ponto. É melhor deixar mais um bocadinho". E assim o belo do chouriço aconchegado pelo aluminio voltou a fazer furor nas brasas. Descobri que a gordura arde.... E o meu belo chouriço rapidamente passou de "mais ou menos cozido" para "mais ou menos esturricado". Mas come-se! E sabe bem principalmente quando regado com a vinhaça que a RP me trouxe das terras lusas.

 

Pressinto que na próxima semana quando regressar de PT a esta bela cidade, e o segurança no aeroporto for lá pelo cheiro e pedir para abrir a mala terei que dizer: "Não faço ideia como esses chouriços todos foram aí parar!"

A boa noticia para alegrar o dia

Vou ter estações de biclas mais perto de casa : ))

 

Recebido no meu email:


Villo! at Woluwe-Saint-Lambert

In a few weeks time, the municipality of Woluwe-Saint-Lambert will have its own Villo! stations. The amateur cyclists can enjoy themselves, from now on they can get together on Villo! bicycles. You will find the first stations on the following locations:
Georges Henri - Avenue Georges Henri
Vergote - Boulevard Brand Whitlock
Tractebel - Avenue Marcel Thiry
Marcel Thiry - Avenue Marcel Thiry
Vandervelde - Avenue Emile Vandervelde
Thiry - Boulevard de la Woluwe
Heydenberg - Avenue Heydenberg
Roodebeek - Avenue Paul Hymans
Kraainem - Avenue de Wezembeek
Shopping - Boulevard de la Woluwe
UCL - Avenue E. Mounier
Meudon - Square Meudon
Voot - Boulevard de la Woluwe

 

Love is...

103. C.S. LEWIS: To love at all

 

 

"To love at all is to be vulnerable. Love anything, and your heart will certainly be wrung and possibly be broken. If you want to make sure of keeping it intact, you must give your heart to no one, not even to an animal. Wrap it carefully round with hobbies and little luxuries; avoid all entanglements; lock it up safe in the casket or coffin of your selfishness. But in that casket — safe, dark, motionless, airless — it will change. It will not be broken; it will become unbreakable, impenetrable, irredeemable. The alternative to tragedy, or at least to the risk of tragedy, is damnation. The only place outside of Heaven where you can be perfectly safe from all the dangers and perturbations of love is Hell.”

C. S. Lewis, The Four Loves



(retirado daqui)

 

Patinagem no gelo - a primeira vez

Eu nunca fui pessoa de pôr outro tipo de acessórios nos pés além de meias e calçado. Acho que algures na minha infância experimentei patins de 4 rodas e foi um desastre. Skate, patins em linha nem comento.

 

Sempre tive um fascínio e admiração por patinagem no gelo e sim, sou daquelas que é capaz de passar à frente um jogo decisivo para o campeonato português ou competição internacional, para ver os campeonatos de patinagem no gelo. A elegância e facilidade aparente com que vejo os atletas a deslizarem sobre o gelo com duas lâminas nos pés... fascina-me e faz-me roer de inveja de tanta inaptitude que tenho para desportos.

 

Aqui a malta patina no gelo por diversão. E eu, com o peito cheio de ar numa mistura de cobardia e bravura, pedi a um colega que ao meu lado é o Plushenko, para ser um querido e ir comigo patinar. Meus caros, ontem foi o dia! (Neste caso noite que a partir das 16h a coisa começa a escurecer rapidamente). 

 

E lá fui eu! De patins nos pés (aqui pode-se alugar os patins no ringue) numa mistura de excitação e entusiasmo com "oh meus Deus, vou-me partir toda e depois o que vai ser de mim!". Aquilo que posso dizer é que correu muito bem. Estive cerca de duas hora e meia no ringue. Apesar das ameaças, não cai uma única vez! E se no inicio comecei agarrada ás vedações do ringue ou a testar o Ronny (a alma caridosa que foi comigo) e todas as suas capacidades de resistência e equilibrio, no final jã andava (andava, não deslizava) em torno do ringue sem qualquer apoio. 

 

Ali a meio quando parecia um bebé a tentar largar a mão do pai para se aventurar nos primeiros passos sozinho, lá me ia agarrando a desconhecidos, pedindo encarecidamente desculpa e a explicar que era a minha primeira vez. Entre sorrisos de compreensão e de troºa, lá me iam ajudando e gentilmente desviavam-se de mim ou então seguravam-me para que não me estatela-se no chão.

 

Vi por lá gente de todas as idades, uns com mais prática e destreza do que outros, outros tal como eu tentavam aguentar-se em cima daqueles sapatos demoníacos. Verdade é que mesmo estando em cima de lâminas no máximo com meio centímetro de largura, é bastante fácil andar (fora do gelo) em cima deles. E no gelo, com alguma persistência e confiança que se vai adquirindo, consegue-se andar. Agora.... quando é para dar impulso para deslizar no gelo... bom... precisarei certamente de bem mais do que duas horas e meia de treino. É que sempre que tentava, os pézinhos iam em direcções opostas e lá ia um rodopio agarrada ao Ronny....

 

Agora resta continuar a praticar e manter a esperança que pelo menos algum dia conseguirei deslizar como alguns miúdos de 6/ 7 anos lá andavam todos contentes e confiantes.

 

Fica algumas fotos para a posteridade e o vídeo que o Ronny fez dos meus primeiros "baby steps" no gelo virá mais tarde. 

 

 

A pista quando estava a ser preparada

 

"Sem mãos!!!!"

 

"Olha eu a andar tão graciosa e elegante" (cof cof)

 

Eu a tentar fazer um avião sem afocinhar no gelo.

 

A população que andava por ali como eu ando no passeio...

 

Os patins : )

 

Cai neve em Bruxelas!

Recebi um telefonema: "Está a nevar!"

Corri para a janela, com a escuridão não dava para perceber muito bem se estava a nevar ou não. 

 

Isto dfoi à uma hora atrás. Fui agora espreitar e os telhados já começam a ficar brancos. Com o frio que faz, estou certa que se irá conservar até de manhã para que com a claridade do dia possa ver melhor! E claro... se não parar de nevar, amanhã é garantido TUDO branco!

 

Vai ser aventura para ir trabalhar sem cair pelo caminho! : )

 

Pág. 1/2