Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

09 de Agosto, 2012

Se calhar o problema não são os portugueses...

Vera Gomes

 Ouvi hoje na rádio qeu alguém fez um estudo cuja conclusão foi que os portugueses riem menos. A equipa de investigação baseou-se nas imagens recolhidos na imprensa: jornais, revistas, etc.

 

Não obstante termos cada vez menos motivos para sorrirem, certo é que isto não revela que os portugueses riem menos. Revela a procura pelo drama, o horror e a tragédia da imprensa para encaixar mais dinheiro... O pessimismo não está nos portugueses: está nos meios de comunicação social! Essa deveria ter sido a conclusão!

 

 

 

05 de Agosto, 2012

O importante é não perder a dignidade!

Vera Gomes

Ontem fui com dois bravos companheiros retocar o bronze para a praia da Fonte de Telha. Depois de muitas indecisões lá encontramos um espacinho e, como manda a lei, fomos ao banho. Ora, como o Mar estava um pouco agitado, avisei de imediato que sou assim para o medricas e que não me sentia lá muito confortável com o tamanho daquelas ondas. "Ai e tal dás-me a mão que a coisa resolve-se". E  lá fui eu, tal qual criança de 5 anos, de mão dada a um grandula de 1,80 ou mais entre gritinhos e pânico não revelado. Eis que começam a chegar ondas... gigantes! Não sei como alguém teve coragem de surfar ondas de 30m, porque eu com uma de... vá.... 3 mts já estava em pânico. Lá me elevaram, a onda passou  e eu achei por bem sair dali enquanto não engolia água e o meu companheiro de banhos lá ficou a fazer repuxos de água enquanto alegremente se banhava,. Só lhe faltava o patinho de borracha!

 

Tinha que sair rapidamente porque as ondas chegavam, como sempre, umas atrás das outras, o mar a puxar, não foi tarefa fácil. Quando estou quase quase quase a sair, rebenta uma onda gigante em cima de mim. E como gaja que sou, lá fiz uma esfoliação ao joelhos enquanto tomava uma decisão impotante: levantava-me sem parte de baixo do biquini ou não me levantada e segurava a parte de baixo do biquini que o mar insistia em levar?

 

Meus caros, podemos cair, podemos fazer esfoliação ao joelhos, podemos engolir água mas... perder a dignidade? Nunca!!!! Lá segurei conforme pude a parte baixo e quando garanti que estava tudo ok, lá me levantei a expelir água salgada pelo nariz como se fosse um dragão de água! 

02 de Agosto, 2012

A saga continua

Vera Gomes

Hoje fui fazer análises ao Hospital lá perto de casa (o mesmo que ontem me deu uma "seca" de 2h). E descobri que sou tão especial de corrida que foi preciso 1h para descobrirem o código de todas as análises...

 

 

01 de Agosto, 2012

As baixinhas são esquecidas?

Vera Gomes

Depois de um dia em correria total, aliás, os últimos 3 dias foram sempre em modo "non-stop", lá consegui chegar à consulta de rotina mesmo mesmo em cima da hora. Confesso que nem sei muito bem como é que isso foi possível.... Fiz o "chek-in" hospitalar e.... esperei...esperei...esperei....esperei...e ...esperei...esperei...esperei. Após 1h30 à espera, resolvi procurar a auxiliar e pedir um ponto de situação. E depois de me perguntar o nome e se já tinha falado com as colegas da recepção desconfiei que tinham esquecido de mim.... E quando vi a paciente a sair do gabinete tive a certeza: esqueceram-se de mim e de me chamar para a consulta! Bandidas!

Pág. 2/2