Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

16 de Maio, 2012

Pesadelo matinal

Vera Gomes

Como para variar perdi o autocarro para o emprego por... uns vigésimos de segundo, resolvi parar no Pingo Doce para comprar água e qualquer coisa para comer. Definitivamente foi das minhas piores decisões matinais.

Primeiro porque a cafetaria do Pingo Doce foi claramente invadida pela Brigada do Reumático lá da zona, e nós (sim não era a única) pobres activos empregados deste país tivemos que esperar dolorosamente enquanto ouvíamos pedidos tipo: "quero aquele pãozinho ali. não, não é esse. É o outro ao lado. Não o outro! O outro!" ou então "Quero um pão com manteiga. Menina, pode pôr o pacote todo de manteiga" pedido este de uma senhora que claramente engrossa as filas de espera do Centro de Saúde  com problemas cardiovasculares (bastava ver o perímetro abdominal muuuuito acima do que é suposto).

Uma levou a chávena de casa para a sua meia de leite e vários pediram "quero um pão com manteiga/ fiambre mas sem miolo. Tire o miolo, está bem?"

Uma senhora resolveu reclamar dos copos: "quero um abatanado mas não quero nesses copos de papel. Quero numa chávena. Não tem chávena? Então num copo de vidro" e era ver as pobres empregadas que também não primavam pela rapidez, atarantadas com tantas especificações técnicas nos pedidos.

E eu a desesperar... Acho que foi castigo por não tomar o pequeno almoço em casa como de costume...

15 de Maio, 2012

Notas mentais sobre dietas

Vera Gomes

1) Nunca, mas nunca decidir fazer dieta naquela altura do mês.

2) Nunca, mas nunca decidir fazer dieta e (re)começar a escrever uma tese de mestrado.

3) Caso  comece a fazer uma dieta cujo inicio da mesma coincida com o ponto 1 e 2, feche os armários à chave e deite a chave fora.

4) Lembre-se que comer Estrelitas directamente do pacote dá sede. E vão todas para o "pacote".

5) Não substitua as Estrelitas por Chocapic. O efeito será o mesmo. 

6) Só porque a pen onde tem tudo guardado da tese deu o berro, não é motivo para atacar o pacote de Estrelitas e/ou Chocapic como se não houvesse amanhã. Há sempre a cópia de segurança. Certo?

7) Se ao fim de 10 minutos perceber que afinal o problema não é da pen mas sim do computador que tem 6 meses de vida: não entre em pânico. Está dentro da garantia. Vá buscar a factura e vá à loja. Lembra-se onde guardou a factura, certo? Pois.....

 

13 de Maio, 2012

Aquele lugar em Alcântara

Vera Gomes

Na semana passada descobri uma tasca com charme que abriu mesmo ao pé de casa. Carismática, boa comida, excelente atendimento, decoração suis generis, excelente vinho... Gostei tanto que voltei lá ontem (e voltarei lá muitas mais vezes).

 

E o dia de hoje foi... lento. A idade começa a não perdoar e a recuperação começa a ser mais lenta. Sobretudo quando acresce às poucas horas de cama, exercício físico em excesso. Sim, hoje doem-me músculos que desconhecia que possuía...

 

10 de Maio, 2012

O caso da água engarrafada

Vera Gomes

Com o calorzinho que começa a sentir-se é imprescindível beber água para manter níveis de hidratação apropriados. Por isso fui ao supermercado aqui na rua comprar garrafas de água. Para meu espanto, uma multidão aguardava na rua sem entrar no dito.

Quando lá cheguei percebi: não há luz e os geradores só tinham capacidade para 10 minutos (há muito mais tempo esgotados). A cereja no topo do bolo foi quando descobri que havia dois motivos para a falha energética: ou da própria EDP ou os senhores que andam a escavar a rua como se não houvesse amanhã cortaram o fornecimento indevidamente....

 

 

08 de Maio, 2012

Sinceramente: não creio que o problema seja meu

Vera Gomes

 

Não via um amigo há 3 meses. Convidou-me para jantar na sua nova casa e eu aceitei.

Pensei eu que seria para conhecer a casa nova, pôr a conversa em dia, rir um bocado. Afinal, percebi mal. Era uma "booty call". E, segundo me indagou com um ar indignadíssimo, como foi possível aceitar o convite para jantar sem perceber que não seria apenas para jantar. E como seria possível recusar-me a ter sexo, quando fez o jantar e até comprou uma garrafa de vinho?

 

Ora... fácil: dizendo não, chamando um táxi e voltando para a minha casinha. E se não percebe, talvez não seja pessoa para manter contacto...

 

 

06 de Maio, 2012

Como abastecer gás num carro em.... muitos passos!

Vera Gomes

1) Tirar a tampa do depósito. Não desistir à primeira.

2) Perceber que essa é a tampa do depósito a gasolina.

3) Descobrir como se tira a tampa do depósito a gás. Pode demorar alguns minutos. O importante é ser persistente.

4) Tirar a agulha e colocar no depósito a gás.

5) Tentar colocar novamente no depósito.

6) Ler as instruções no placard ao lado da bomba.

7) Tentar novamente colocar a agulha.

8) Analisar com atenção a entrada do depósito.

9) Analisar com minúcia a agulha.

10) Encontrar pontos em comum entre a agulha e a entrada do depósito.

11) Tentar colocar novamente a agulha no depósito.

12) Ser persistente.

13) Inesperadamente tocar em algo que faz com que a agulha fixe na entrada do depósito.

14) Festeja efusivamente o feito.

15) Perceber que o depósito não está a ficar cheio.

16) Ler novamente as instruções.

17) Ah! É preciso carregar no botão.

18) Continuar a carregar no botão.

19) Persistir na parte de carregar no botão.

20) Não está a encher....

21) Chamar o empregado.

22) Perceber que é tudo muito fácil e sentir-se assim para o estúpido com o olhar do empregado.

23) Esperar que encha o depósito.

24) Dar um salto e gritar um ai de susto com o ruído que a gulha faz quando sai do depósito.

25) Pagar.

26) Guardar na memória a aprendizagem....

 

05 de Maio, 2012

Os bons filhos à casa tornam

Vera Gomes

Hoje devolveram-me uns livros que havia emprestado há muuuuito tempo.

A questão é agora evitar uma querela entre os velhos inquilinos e os novos que entretanto se instalaram na prateleira...