Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

Voltei, voltei: voltei de lá! - vivinha e tudo!

Após 21 horas de viagem (desde que sai do hotel até pisar solo luso), finalmente consegui pisar solo luso depois de por vezes pensar que tal não fosse acontecer tão cedo. Estou viva, inteira e completamente cansada, por isso, deixarei aqui o relato da viagem que nunca irei esquecer, tanto pelos aspectos positivos, como pelos negativos, depois de umas boas horas de descanso no conforto da minha humilde caminha!

 

Já ca estou...

do outro lado do mundo, depois de 14h de viagem.

 

Tenho já a dizer que isto aqui é caótico. Não sabem conduzir (sim, conduzem pior do que eu.

Já tive que salvar a minha amiga de uma lagartixa morta na casa de banho (ainda bem que isto é um hotel 4 estrelas) e na rua há festa rija. Basicamente, isto é tudo uma confusão. Espero que o congresso seja bem melhor. Está visto que as ruas são para esquecer.

 

As divisões da estrada servem de curral: têm vacas a descontrair e a comer.

 

É mesmo uma viagem a não esquecer....

shhhhh....

ressaca. stop. muitas caipirinhas. stop. já não tenho idade para estas merdas. stop. porque é que ninguém me lembrou que o dia a seguir é mau. stop. não tenho gurosan. stop. dia do caneco. stop.

Miluvit Multicereais

Quando era criança, comia um prato de miluvit multicereais todos os dias e segundo me recordo, deliciava-me com aquela mistela.

 

No meu regresso ao norte, cruzei-me com umas embalagens e resolvi trazer uma para Lisboa para recordar os prazeres de infância.

 

Já percebi porque motivo sou baixinha: aquela mistela é intragavel!!!! Como é que eu tinha em mente um sabor tão gostoso e ainda me lembro das embalagens com o Vitinho e aquilo sabe tão mal?! Parece farelo!!!! Não admira que as crianças hoje em dia prefiram doces e afins ao pequeno almoço em vez de cereais. Com aquele sabor, nem eu consigo comer aquilo! bah!

De regresso

Não há nada como o o nosso lar! Apesar da casa dos papás ser um lar eterno, este cantinho construída na cidade da luz inagualavel, é o meu cantinho, o meu lar!

 

E antes que alguém pergunte: sim, eu dormi no regresso a Lisboa! ; )

Mais leve

Amanhã regresso à capital em mais uma jornada, sem net por incompatibilidade de Alfa e rede móvel, de comboio. Regresso mais leve, com cerca de menos de 15 cms de cabelo menos, com miminhos da mamã que pensa que os mouros não sabem cuidar da sua filhota querida, com mais um aniversário do avô passado e o meu a chegar em breve.

 

É oficial: mesmo que o novo corte de cabelo tire alguns anos ou dê um ar ainda mais atrevido à minha pessoa, certo é que os anos não param de se acumular.

 

Na minha humilde opinião, deveriamos ter os anos físicos que temos de espírito. Dirão vocês "mas então naqueles dias em que nos sentimos muito deprimidos, em que a vida parece que nunca corre bem?" Ora bem: aí está! Se aparentassemos os anos que sentimos ter,  faria com muita boa gente, principalmente mulheres, deixassem de ser deprimidas. Porque ao estarem deprimidas aparentariam mais anos do que realmente queriam ter! Esta é sem sombra de dúvida uma solução para contribuir para o aumento de esperança de vida, melhorias das condições de vidas e um aumento da harmonia da vida em sociedade!

 

Uma viagem de 3 horas...

... dá para 3 posts! Dá uma média de um por hora. Tenho que dormir quando regressar a Lisboa...

 

Ontem quando apanhei o suburbano e Campanhã coincidiu ser na hora do final do jogo do FCP. Portanto, o suburbano foi partilhado entre a minha mala e os cachechóis azuis, uns mais embriagados do que outros. Claro que os temas de conversa e os comportamentos deixaram-me assi para o boquiaberta. Já não estou habituada ao calor tripeiro.... nem aos palavrões dito a metro... nem a conversa sobre idas às putas...

Pág. 1/3