Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

04 de Junho, 2007

1º dia na Madeira

Vera Gomes
Hoje pisei pela primeira vez solo madeirense e desde logo fui invadida por um sentimento de Alberto João quando, podre de sono consegui bloquear os dois telemoveis que me acompanham. Raios! Lá foi uma saga imensa para conseguir que me dessem os pin's e puk's e whatever!

Chegada ao hotel. Depois do check in feito, momento de descarregar as malas no quarto e encontrar-me com o nosso Agente cá. Sim: eu tenho um guia cá! E de todos os madeirenses tinha de calhar-me aquele que nem uma mulher com viagra consegue sentir o minimo de atracção possível.

Almoço junto à piscina: maravilha! Papás no quarto para dormir a sesta e aqui a menina vai esparramar-se a apanhar solinho na piscina. Grandes sonecas ali ao solinho. Já se notam as marcas de um ligeiro bronze!

Regresso ao quarto, banho tomado e cenário: mãe a vomitar-se toda, pai aflito para ir ao wc e eu com cara de parva de quem não quer acreditar que a cena possa estar a acontecer. Mas então vimos para a Madeira para adoecer: de manhã o papá, de tarde a mamã, será que também vai chegar a mim?!

Jantar: maezinha muito melhor, como nova. Pai surpreso pelo bolo de aniversário que lhe colocaram à frente. : ) Já seria de esperar que aqui a Je lhe iria tramar alguma, não é?

Amanhã dia em Porto Santo, e aposto que mais novidades surgirão, principalmente porqu a minha mãe tem pavor a barcos...
04 de Junho, 2007

Casórios e peripécias

Vera Gomes
Ontem casou a filha de uma amiga minha. E tudo estava a correr bem: desta vez o meu telemovel com toque de vacas a mugir não deu sinal de si apesar dos insistências dos meu amigos em ligarem-me; não chorei como se me tivessem feito a maior maldade do mundo nem tão pouco esqueci-me de atirar o arroz.

Tudo estava a correr até três momentos: a madrinha, que não foi madrinha mas até era para ser ela, a implorar um desconto no rol de fotos que que queria ao pobre do fotgrafo farto dela; o comboio de gente humana vir na minha direcção; e até ao momento que eu percebi que não tinha tirado a etiqueta com o preço do vestido...