Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

Canoas no Tejo

align=left>Há bem pouco tempo tive a oportunidade de ver os Tall Ships a partir do rio Tejo numa embarcação típica: as canoas do Tejo. Ver Lisboa do rio é um espectáculo magnifico. De facto esta cidade tem uma luminusidade impar que exerce um fascinio inexplicável a quem por cá passa ou, como eu, vemm viver para cá. Claro que o Porto terá sempre um lugar no meu coração, mas sem sombra de dúvida que Lisboa arrebata-me acada dia que passa!.

Bem feita!

Hoje cruzei-me com a loira do rimel no autocarro. Como ela não conseguiu lugar para se sentar, vai chegar ao local de trabalho com as pestanas como Deus as fez: sem maquilhagem. Bem feita!

Novo desporto

Descobri hoje uma nova forma de exercitar o corpo logo pela manhã.
Apanhei o autocarro do costume, mas não tinha lugar para me sentar. Por isso, fiquei de pé, encostada a um cantinho do autocarro. Entretanto, começa malta a entrar. Cada vez mais malta. E as coisas complicaram-se... Curvas apertadas, travagens mais bruscas e a malta toda a esticar o bracinho para se segurar.
Ora quem me conhece sabe que sou altíssima!!! E por isso, descobri que posso exercitar a musculatura fazendo o exercício "Evitar Sovacos". Ora está a malta a esticar o bracinho e moi même a esgueirar-se para um e outro lado na vã tentativa de evitar o cheiro dos sovacos da malta...

Frase do dia

Diz um testículo ao outro:
"Eh pá! Vamos trabalhar que o chefe já se levantou"

Conclusão: o que faz falta na administração pública é chefes que se levantem

Onda de calor

Hoje, como acordei cedo, resolvi ir para a praia e aproveitar, lavar o carro. Regressava ao lar doce lar ao final da manhã e passaria a tarde a trabalhar na apresentação que irei fazer no próximo fim de semana. Pois é... era um bom plano! Às oito e meia da manhã já a marginal estava entupida de trânsito. As praias a abarrotar de gente e até havia fila para lavar o carro!
Resolvi então, lavar o carro e regressar a casa. Pensei: "Passo pelo pingo doce e sai peixinho grelhado para o almoço e haagan daaz para a sobremessa". E lá fui eu ao recente Pingo Doce que reabriu perto de casa. Pingo Doce a abarrotar! A terceira idade mudou-se dos lares para o Pingo Doce. Pudera! Tem ar condicionado e bolinhos frescos logo pela manhã! E como se isto não bastasse, tem também... Mesas e cadeiras!!!
Lá fui ao peixe e buscar o meu cookies & cream. Desespero total!!!! Não tem! Há duas semanas que não encontro o meu haagan daaz preferido!
Lá regressei a casa, cabisbaixa e a ponderar passar o resto no dia no carro. Tem ar condicionado e hoje a vida seria muito mais fácil lá.

Epal

Estes dias li algures que a facturação da Epal no ano passado foi inferior aos anos anteriores. Dizem eles que será a adesão da malta às campanhas de poupança de água.
De facto, a população tem aderido bem a este tipo de campanhas. De tal forma, que até deixam de tomar banho. Tudo em prol do aproveitamento de recursos e sobretudo, segundo alguns especialistas, as mulheres gostam deles a cheirar a cavalo!

Amor Acontece: take perdi a conta

Está a dar o Amor Acontece na TVI. Eu sei que desde que me ofereceram o filme já o vi uma carrada de vezes. Mas é mais uma menos uma, não é? Ver mais uma vez certas e determinadas cenas, não faz mal, pois não?

Partidas e Chegadas

Há relativamente pouco tempo tive a oportunidade de ver várias vezes o Amor Acontece. Na altura chamou-me a atenção o facto de ter começado o filme com imagens do aeroporto. Hoje percebi porquê. A zona das chegadas num aeroporto é de facto uma área alucinante e fantástica. A diversidade étnica e cultural, as diferentes línguas que se ouve falar e sobretudo, os diferentes graus de histeria que por lá abundam. As flores, os gritos, as lágrimas só provam que as pessoas andam de facto com os nervos à flor da pele, as emoções andam reprimidas e à menor oportunidade saltam cá para fora.
Já agora, aproveito para informar a ANA que dentro do aeroporto de Lisboa não há caixotes do lixo. Apenas encontrei um no exterior do aeroporto. Como diria Fernando Peça: "E esta, hein?"

Pág. 1/2