Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

08 de Fevereiro, 2006

Jogada: branca come preta, bispo come rainha, 1 casa retaguarda, duplo encarpado, salto mortal.

Vera Gomes
Ela chega, sorrateira, marota...
e ...sem a gente perceber
vai tomando conta de nós...
Começa com, uma palavra,
uma música, um gesto...depois um olhar...
Vem devagarinho... devagarinho...
e vai se instalando
dentro do nosso coração...
Os sentidos ficam mais aguçados... penetrantes
e falam mais forte que as palavras
Vem um telefonema...
Um convite, um jantar...
Os olhares se encontram ,
muito mais profundos,
agora falando mais alto
De repente, casualmente,
durante uma conversa
um leve tocar de mãos,
pele com pele pela primeira vez
causando nos dois
Uma emoção indescritível,
mas... disfarçada...
Um frio na espinha
Um arrepio,
até meio envergonhado,
um calor um sorriso...
E sem perceber que o tempo passou
já está na hora de ir embora
Chegou a hora da despedida
Um Boa Noite ...
Mais um olhar...
Um aperto de mãos...
e aí acontece...
A maravilhosa explosão da sedução que...
selada com um prolongado beijo
com vontade de quero mais,
de amanhã vamos nos ver novamente...
porque não vamos agüentar ficar longe um do outro
Com carinho, esperança e desejo
tudo se transforma em
" Amor Incondicional "

(de Marilena Laurelli Cypriano)
(Já sabes o que pode acontecer ou não... A vida é prazer ou nada! eheheheh)
08 de Fevereiro, 2006

A culpa é dos olhos verdes!!!!

Vera Gomes
Estou a escrever este post, e quero desde já que a culpa é do Alf e dos seus olhos verdes que me convenceram a responder ao desafio dele (ver:
http://www.nekynho.blogspot.com) e escrever destas coisas!
Quero desde já agradecer a todos os que me acompanharam virtualmente até hoje e dizer que compreendo profundamente se depois deste post não voltarem cá.

5 hábitos estranhos:
(de notar que dentro da minha estranheza sou normal)

1 - Ando sempre com qualquer coisa que se coma na carteira, mas raramente o como.
2 - Falar expressivamente fazendo alusão a piadas que pelos vistos só uma elite compreende.
3 - Pedir sempre desconto em todas as lojas mesmo que saiba à partida que não fazem desconto. Frase de partida: "Aceitam cartão jovem?" Não aceitam, mas o interlocutor roi-se de inveja porque ainda tenho idade para essas coisas.
4 - Entrar no Jumbo de Alfragide dentro do carrinho de compras (sempre que haja alguém que empurre) e só sair de lá quando não houver mais espaço para compras.
5 - Leite quente com nesquike tem medida certa: não se pode sentir o sabor do leite, mas também não pode saber a chocolate.

5 traços de personalidade:
(aviso desde já que contra factos não há argumentos e que apenas estou ciente de todas as minhas capacidades)

1 - Não gosto de monotonia nem dias iguais. Gosto de me surpreender, de ser surpreendida e de surpreender terceiros.
2 - Não tolero incoerências. OU bem que é preto ou bem que é branco. Cinza não é cor.
3 - Adoro ler: entrar na história e partir para mundos diferentes. Anotar as frases que mais me tocam para mais tarde recordar.
4 - Adoro viver lentamente (até porque sou pequena e dou passos pequenos) mas sempre com intensidade. É bom pararmos e contemplarmos aquilo que fizemos, que somos e que poderemos ser.
5 - A frontalidade é sempre um mal necessário. Sou nortenha, directa, digo palavrões, suspiro, devaneio, mas sou sempre eu. Digo o que tiver a dizer, mais ou menos diplomaticamente consoante as situações, mas digo-o sempre. Quem estiver mal, que se mude!