Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

14 de Janeiro, 2006

Trabalhar no duro

Vera Gomes

O trabalho é bom, é saudavel, etc e tal. Mas tudo na dose certa. Trabalharno duro, dias, horas e semanas a fio é cansativo, o corpo começa a dar de si, a irritação a aumentar e as parvoíces a crescerem tipo cogumelos. Depois dizem-se coisas mal ditas, a concentração diminui, a velocidade de pensamento fica retardada para a época dos afonsinhos.


Certo é que sem trabalho nada se obtém, nada se consegue e pouco ou nenhum prazer se obtém. Alguém escreveu num dos comentários "A vida é prazer" e até o trabalho nos pode dar satisfação e prazer. Contudo, e sem querer parecer preguiçosa ou "alentejana" não existirão prazeres melhores do que o trabalho? Não será o trabalho uma escapatória para algo que não queremos consciencializar? Por exemplo, não será o trabalho uma forma de fugirmos da solidão, problemas? Ou será apenas algo que nos dá satisfação ou realização pessoal?