Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

Considerações sobre o desempenho sexual masculino

Uma das necessidades básicas inerentes ao Homem é o sexo. Ao longos dos tempos a percepção sobre este acto inato foi-se alterando e nos dias de hoje quem não faz é “tonho”. O sexo, para além de acto de procriação, é visto hoje também como acto de prazer.

Sem sombra de dúvida que o homem tem um papel preponderante para alcançar o objectivo supremo do acto sexual sem fins de preservação da espécie. Mas desenganem-se aqueles seres masculinos que pensam que são essenciais e indispensáveis, até porque a mulher desenrasca-se sozinha na perfeição. Além disso, obra de avanços científicos e científicos, são de venda generalizada e fáceis de encontrar em qualquer loja de esquina, os famosos Amigos Bzzzzz.

O comportamento do homem durante o acto sexual é digno de estudo sociológico. Existem vários tipos de comportamentos extremamente bizarros. Exemplo disso é o caso do “Gritador”. O “Gritador” é aquele tipo de homem que berra de tal forma que desconcentra a parceira. Aliás, a mulher está desejosa que o homem atinja o orgasmo para acabar com a gritaria. Claro que entretanto, com tanta gritaria obviamente que os vizinhos se aperceberam e estão roídos de inveja a pensar “A vizinha do n.º 5 deve ser mesmo boa”.

Uma variante do “Gritador” é aquele que geme e grita sem no entanto se ter despido. Como é possível que um homem tenha uma reacção semelhante a quando lhe fazem um grande broche com apenas umas beijocas? Como será quando se despirem e passarem aos “finalmentes”? Só com tampões nos ouvidos, não?

Um outro tipo de comportamento típico em muitos homens é sexo prolongado. Não é tântrico, não é normal, é prolongado. Estão ali horas e horas e vira tipo frango no espeto, torna a virar, continua o trabalho de ancas. A mulher tem um orgasmo, tem dois orgasmos e não tem mais porque está ansiosa que o fulano se despache e saia de cima. Tudo na dose certa. Há as “rapidinhas”, as normais e as tântricas. Tudo o resto é pura ficção: não existe e é uma porcaria. Não é por estarem horas a fio a “baterem no ceguinho” que a mulher terá mais prazer.

O “Caladinho” é o tipo de homem que independentemente do que lhe façam permanece calado como um rato. Não há sombra de expressão quer verbal quer gestual que permite à mulher perceber se o indivíduo está a ter prazer, se está a gostar ou a detestar. O mínimo de expressão é necessária porque servem como uma espécie de sinalização indicando o caminho que a mulher deve seguir. Sr.s Homens, acreditem que nós mulheres não somos bruxas para adivinhar!

Um outro tipo, e por último porque não posso enunciar todos os géneros de uma só vez, é o “Apressado”. Hellooooo!!! DAAAAAAAHH! Nós mulheres também queremos “gozar”! Sexo não é só para o homem atingir o sétimo céu e a mulher ficar a chuchar no dedo! Sexo é para os dois terem prazer. Sexo é uma relação a dois (no mínimo): é a mais bela valsa do mundo dançada em uníssono por dois corpos.

As coisas que eu vejo...

Meus caros amigos,

é com certo saudosismo que vos dirijo novamente a palavra. Mas tendo em conta as minhas experiências quase extraterrestes, tenho de partilhar convosco a última.

Vinha eu do ginásio às 9 da matina (porque agora o meu dia começa cedo e no ginásio), a pensar que teria de pensar que não tinha fome e a planear a jornada de um dia de trabalho, quando o semáforo para os peões passou a vermelho. Ora, lá tive de dar passagem a uma data de carritos, uns com melhor aspecto do que outros. O que me chamou a atenção foi que para além de agora pendurarem Pais Natal em tudo quanto é sítio, de as decorações de Natal abundarem nas fachadas dos edíficios, também esta moda chegou aos carros. É verdade! Esqueçam o tunning! Ao que eu me refiro é muito mais à frente. Lembram-se da moda dos coletes no banco? Esta é muito mais marcante!

Meus caros amigos, estamos a falar de dois barretes de Pai Natal enfiados no apoio de cabeça do banco com umas folhinhas de azevinho em que o cabelo da alegre condutora suavemente acariciava! Mas que raio de moda é esta?! Passou a moda dos coletes e chegou a moda de enfiar o barrete? Será que as decorações de Natal têm funções de prevenção rodoviária, apelando ao espírito Natalício e ao civismo nas estradas portuguesas? Não sei. Mas decerto saberemos depois das operações da Brigada de Trânsito.

A vocês que estão sempre comigo : )

"(...)no sabes cuanto te admiro/ te aplaudo te miro y te escucho tambiém/ nunca olvides quién te ayudó/ quién estuvo contigo quién te enseñó/ no dejes que nadie al pasar/ te mire a los ojos tú debes mandar (...)"


in, "pop", La Oreja de Van Gogh


"(...)te voy escribir la canción más bonita del mundo/ voy capturar nuestra historia en tan solo un segundo/ y un dia verás que este loco de poco se olvida/ por mucho que pasen los años de largo en su vida(...)"


 in, "Playa", La Oreja de Van Gogh

Mais criações IVG

height=360 alt=Photo130_resize.jpg src="http://escadinhas.blogs.sapo.pt/arquivo/Photo130_resize.jpg" width=270 border=0> height=360 alt=Photo129_resize.jpg src="http://veragomes.no.sapo.pt/blogs/escadinhas/cachecois/Photo129_resize.jpg" width=270 border=0> height=360 alt=Photo128_resize.jpg src="http://veragomes.no.sapo.pt/blogs/escadinhas/cachecois/Photo128_resize.jpg" width=270 border=0>

Aqui estão mais alguns exemplos das minhas criações. Mais uma vez relembro que cada padrão é único. O preço de cada cachecol é 5€ mais portes. Digam a cor que pretendem para o cachecol e do resto trato eu : )

Portes:
Correio verde:
1 cachecol - 2€
2 ou mais cachecóis - 3€
À cobrança: 5€



O meu novo negócio

Caros amigos,
Resolvi aproveitar os meus talentos e aqui vos deixo alguns exemplos do que faço. São cachecóis personalizados. Cada cachecol tem um bordado diferente e exclusivo que poderão adquirir pelo preço de 5€ cada, mais portes de envio.
O pagamento poderá ser efectuado por transferência bancária ou à cobrança, sendo que à cobrança o preço de portes é mais elevado. Aqui fica uma mostra:
align=center>
align=center height=360 alt=Photo125_resize.jpg src="http://escadinhas.blogs.sapo.pt/arquivo/Photo125_resize.jpg" width=270 border=0>
Portes:
Correio verde: 1 cachecol - 2€
2 ou mais cachecóis - 3€
À cobrança: 5€