Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

Terramoto de 1 de Novembro de 1755

Amanhã faz 250 anos que ocorreu uma das maiores catastrofes naturais em solo português. O terramoto de 1755 dizimou a baixa lisboeta e deu origem ao que agora conhecemos como Baixa Pombalina. Marquês de Pombal, primeiro-ministro na época, ordenou que se tratassem dos feridos e se enterrassem os mortos. Homem de um discernimento notavél, Marquês de Pombal foi um homem que muito fez por Portugal: restringiu as importações, promoveu a indústria portuguesa, reconstruiu Lisboa com uma visão futurista! O que nós precisamos neste momento em Portugal é de um Marquês de Pombal!

Ainda os aviões

Num voo comercial, o piloto liga o microfone e começa a falar aos passageiros:

- Bom dia, senhores passageiros, neste exacto momento estamos a 9 mil metros de altura e estamos sobrevoando a cidade...................................OHHHHHHH, MEU DEUS!!!!! AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

E os passageiros escutam um grito pavoroso, seguido de um barulho infernal:

- NAAAAAAAAAAAOOOOOOOOOOOO!!! SPLECT!!! SPLOFT!!!!!!Segundos depois, ele pega o microfone e, rindo sem graça, se desculpa:

- Desculpem-me, esbarrei na bandeja e minha xícara de café caiu em cima de mim. Precisam ver como ficou a parte da frente das minhas calças!!!

E um dos passageiros gritou: - Filho da puta!! Venha aqui agora ver como ficou a parte de trás das minhas!!!

As tardes de Outono

Meus caros amigos,


dedico-me nestas tardes chuvosas a trabalhos manuais. Longe vão os dias de euforia do Verão, os dias loucos de estudo, e apesar de ter uma tese e artigos para escrever, este fim de semana resolvi fazer uma pausa e dedicar-me aos Lavores. Já bordei umas calças e neste momento estou a fazer tricot. Afinal de contas, com o estado em que a crise está temos mesmo que fazer as coisas por nós menos. Até porque mesmo as lojas dos "chinocas" estão com os preços altíssimos! deve ser por terem de pagar tantos vencimentos tendo em conta o número de empregadas brasileiras que vagueiam pelas lojas... Viva a Globalização!

Ser mulher é mesmo um orgulho

Não ficamos carecas...

Temos um dia internacional...

Podemos vestir tanto rosa como azul...

Temos sempre a certeza de que o filho é nosso...

Temos prioridade nos salva-vidas...

Não pagamos a conta do restaurante.

No máximo partilhamos...

A programação da TV é 90% voltada para nós...

Somos os primeiros reféns a serem libertados...

A idade não atrapalha o nosso desempenho sexual...

Podemos ir para o trabalho de bermudas e sandálias...

Se somos traídas, somos vítimas; se traímos, eles são cornos...

Somos capazes de prestar atenção a várias coisas ao mesmo tempo...

A Mulher do embaixador é embaixatriz; o marido da embaixadora não é nada...

A mulher do presidente é Primeira-Dama; marido da presidente é um zero à esquerda, mesmo que ele seja de direita...

O nosso cérebro dá conta do mesmo serviço, mesmo com 4 biliões de neurónios a menos, ou seja, nossos neurónios são mais eficazes.

Se resolvemos exercer profissões predominantemente masculinas, somos "pioneiras", mas se um homem resolve exercer uma profissão tipicamente feminina, é bicha...

E por último: Fazemos tudo o que um homem faz, e de SALTOS ALTOS!

O que realmente aconteceu no dia das eleições

Dia 9 de Outubro de 2005

8h00 - Abrem as urnas

8h01 - Santana Lopes vota vindo directamente da noite

8h15 - Soares acorda e não sabe que dia é.

8h16 - Soares vai à casa de banho e perde-se no corredor

8h30 - Sócrates vota e comenta para o "amigo" que hoje vai ser um grande dia

8h32 - Maria Barroso descobre Soares na cozinha e leva-o para a cama

8h45 - Carrilho acorda e telefona à Barbara para se juntarem para irem votar

9h00 - Zezinha entra na missa antes de ir votar

9h35 - Santana Lopes deita-se

11h00 - É colocado um banco à frente da mesa de voto nº 2 da secção de voto 54.

11h01 - Marques Mendes vota na mesa 2 da secção 54.

11h02 - É retirado o banco

11h30 - Jerónimo de Sousa chega à sede do PCP onde começa a ouvir cassetes de tempos antigos e músicas revolucionárias

11h45 - Louça fuma o segundo charro do dia e já se está a borrifar para os resultados

12h00 - Soares consegue finalmente se levantar e veste-se para ir votar

12h05 - Maria Barroso volta a vestir Soares depois de lhe virar as calças para o direito

12h30 - Soares Junior vota e telefona ao pai a pedir ajuda

13h00 - Seara vai votar aproveitando o intervalo do jogo da manha na sport tv 13h00 - Soares chega ao local de voto

13h05 - Soares adormece na fila para votar

13h06 - Soares acorda e não sabe onde está

13h10 - Soares vota mas não sabe onde pos a cruzinha

13h15 - A caminho de casa Maria Barroso vê uma cruz desenhada na mão de Soares

15h00 - Carrilho vota mas não cumprimenta o presidente da mesa

15h30 - Carmona vota e mostra-se confiante perante os outros dois candidatos homens e as duas mulheres.

15h31 - Sá Fernandes vota e re-afirma-se homem

15h32 - Ruben de Carvalho mostra com orgulho a sua masculinidade num voto poderoso

15h33 - Zezinha sai da missa e vai votar e diz não conhecer nenhum Carmona

15h34 - Carrilho não se pronuncia e fecha-se no quarto a brincar com uma Barbie já antiga

17h00 - Louça vota e manda uma marrada na porta de tão charrado que está. Embora com aparato no impacto o incidente é levado a rir.

17h15 - Soares adormece

19h00 - Carmona ganha Lisboa

19h01 - Seara arrasa em Sintra

19h02 - Rio esmaga no Porto

19h30 - Soares acorda e telefona ao filho a dar-lhe os parabens

19h31 - Maria Barroso mete Soares na cama e pede-lhe para dormir

20h00 - Carrilho discursa não assumindo a derrota e acusando Carmona de ser mau

20h30 - Socrates esconde-se numa sala no largo do Rato e faz beicinho

20h45 - Jorge Coelho culpa a direita fascista

21h30 - Mudam as pilhas ao Jeronimo de Sousa

21h31 - Jeronimo de Sousa faz um discurso de vitória e exulta frases de 1917

22h00 - Carmona abre uma gafarra de whisky mas esconde-a de Sá Fernandes e de Miguel Portas

22h30 - Avelino Ferreira Torres foge para o Marco mas como não conhece a cidade perde-se e acaba aos pontapés aos caixotes do lixo

22h45 - Em Gondomar o Major explode com a vitória e quer bater em tudo e todos

23h00 - Fátima Felgueiras distribui pelouros por alguns presos e mete uma muda de roupa num saco azul em caso de ter de sair, só cabe uma muda de roupa pq o saco está cheio

23h10 - Soares acorda e comemora a vitória como Presidente. Maria Barroso mete-o na cama e dá-lhe dois comprimidos

23h15 - Barbara manda Carrilho para a cama sem jantar e tira-lhe o Ken durante uma semana por castigo

23h30 - João Soares chora em Sintra e prepara candidatura a uma Junta na margem sul

00h00 - Zezinha é eleita e comemora com um chá e umas torradas

00h01 - Soares adormece sem perceber o que aconteceu

00h02 - Santana Lopes acorda e vai para a noite

Tempo de greves

Hoje em dia parece estar em voga a realização de greves. O engraçado disto tudo é que os que fazem greves são um grupo priveligiado da sociedade portuguesa. Eu sei que vão dizer que os funcionários públicos coisa e tal são muito trabalhadores, pobres desgraçadinhos, que não conheço a realidade e afins. A verdade é que eu sou funcionária pública. Portanto, eu conheço e sei como as coisas se passam. Eu faço parte das estatísticas e sei muito bem como as coisas se passam. Eu tenho de trabalhar mais uns 10 anos à custa da nova Lei da Reforma, ganho uma miséria, mas não me ouvem queixar. Já trabalhei no sector privado e sei que as pessoas trabalham muito mais, ganham muito menos e têm menos condições. O problema nos funcionários públicos é que estes estão habituados a empregos e não a trabalho. Na minha humilde opinião, as regras deveriam ser semelhantes às do privado. Quer em relação aos despedimentos, quer às contratações, quer aos vencimentos, quer às prmoções. Greves? Greves fazem aqueles funcionários que aproveitam para não ter de estar no emprego um dia, para perturbarem quem trabalha e para entupir o trânsito em Lisboa.

Julgamento de Saddam Hussein

Hoje ouvi na televisão que Saddam começou a ser julgado, hoje, no Iraque por um colectivo de juízes presidido por um Curdo. A questão que coloco é a seguinte: será um julgamento imparcial? Claro que não! Todos sabemos o "tratamento" que Saddam ofereceu à minoria curda iraquiana. Todos sabemos que foram atrocidades! Mas... não merecerá Saddam um julgamento justo? Não estará o colectivo de juizes a tornarem-se eles também em vilões ao agir de forma parcial?

As coisas que lemos...

Uma amiga minha escreveu um provérbio chinês no seu msn que apesar de simples diz muito: "É ao abrigo das outras pessoas que vivemos". É a mais pura verdade. Uns admitem-na outros nem por isso. Mas todos temos uma pessoa que é o nosso abrigo nos bons e nos maus momentos. Alguém com quem gostamos de partilhar as tristezas e as alegras, que nos dá conforto sempre que necessitamos. Este post é uma homenagem a todos os que fazem parte da minha vida e com quem a partilho : ) Obrigada!

Pág. 1/2