Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

Escadinhas do Quebra Costas

(con)Viver com Doenças Inflamatórias do Inflamatórias do Intestino. Aventuras, desventuras e muita galhofa! Que a rir custa menos e por isso "Sou feliz só por preguiça."

09 de Março, 2008

Feel Woman, ou o grande barrete!

Vera Gomes
Como sou vizinha do Centro de Congressos de Lisboa e vi que iria haver lá uma feira dedicada à mulher, onde existira uma Aldeia de Empreendorismo vocacionada para mulher empresárias, resolvi lá ir espreitar e obter mais informações sobre... empreendorismo feminino.

Portant, lá paguei 4 euros, para perceber que a Aldeia do Empreendorismo Feminino é uma treta. Não souberam dizer nada de concreto a não ser encaminhar-me para o site do DREN e dar-me um número de telefone onde posso pedir informações. Mas não seria suposto dar-me algumas informações ali? Como por exemplo que apoio existem e que tipo de projectos apoiam? E quais os requisitos das candidaturas?


Bom, depois da desilusão lá fui espreitar o resto da mini feira da mulher. Apesar de estar pouca gente no recinto, estava tudo preenchido com fila de espera para as actividades. Curioso, tendo em conta que o recinto abriu às 14 e ainda nem eram 15h.

A ponto positivo foi na parte de shopping onde descobri umas lojas em Lisboa, de joias artesanais com classe (como por exemplo a PLIM, na Rua do Conde Redondo, que recomendo vivamente).

Resumindo: grandes chulos cobrarem 4€ de entrada para uma mini-feira! Grande mentirosos a dizer que lá existe uma Feira do Empreendorismo! Bandidos!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.