Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Como tornar as tardes frias em algo bem mais agradável?

Tal com em Portugal, o frio em Bruxelas tem estado no seu melhor. Apesar de termos dias mais solarengos do que é habitual, certo é que as tardes de Domingo têm sido passadas no conforto do lar e em modo descanso. 

 

Contudo, no Domingo que passou recebemos um amigo para um chá, nao das cinco, mas das quatro, que lançou um desafio: chá às 4h, que ter para trincar? Eu não tolero

 

Os melhores nuggets de frango de sempre!

IMG_20180127_201727.jpg

 

A vantagem de ter um chef de cozinha cá or casa é que todas as semanas surgem menus novos à mesa. Temos por hábito fazer uma vez por semana um jantar de tapas, mas que obviamente tudo à mesa tem que seguir alguns preceitos para que eu não acabe enfiada no wc. 

 

Um destes dias saiu da cozinha uns nuggets de frango feitos no forno de comer e chorar por mais, cuja receita andava por este site. São fáceis de fazer, saudáveis e bons, bons, bons! Senão, vejam a receita, experimentem e digam da

 

A melhor ideia culinária que tive este ano: papas de aveia em frascos de vidro!

Chega a uma certa altura na manhã que não importa quão bem tenha comido ao pequeno almoço, fico com um rato no estômago. Uma espécie de buraco negro que me atormenta, tolda-me o cérebro e a produtividade laboral descresce a olhos vistos. Umas vezes trazia iogurtes (e até dava para pôr do lado de fora da janela considerando o frio que faz) mas no Verão sem frigorifico no gabinete a coisa torna-se mais delicada. Sandochas, bom, a minha relação com o pao está a entrar nos eixos, mas não quero abusar e andar a comer pão todos os dias. Bolachas caseiras, como a receita que partilhei aqui, são sempre uma opção, mas nem sempre há tempo (ou motivação) para passar uma hora na cozinha. Não, tinha que encontrar algo rápido, eficaz e apetitoso que aqui a je desde que tomou cortisona há uns anos, tornou-se num bom garfo. 

Bom no Domingo, recorri ao amigo Google. Introduzi as seguinte palavras: oats almond milk e chia. Basicamente era o que havia em casa e a malta tem que fazer as omoletes com os ovos que tem. Apareceram dezenas de resultados, mas meu caros, escolhi bem! Escolhi uma combinação vencedora!

 

IMG_20180115_084908.jpg

 

 

 

 

Encontrei a solução para o meu vício: sem açucar, sem ovos e sem lactose!

 

Se me perguntassem qual o meu vício eu diria: chocolate. Livros também, mas nada se compara ao chocolate. Infelizmente, aqui a je tem que ter cuidado com o que mete à boca, sobretudo porque é o cuzinho que paga. Paga porque não larga os tampos da sanita e porque agora que a coisa começa a dar descanso, o cuzinho começa a crescer. Se não tenho cuidado, ainda o Benfica festehará o campeonato à volta do meu rabo. Adiante. 

 

Numa nas minhas inscursões culinárias tropecei numa receita partilhada pelo Casal Mistério: Trufas de abacate e chocolate. E o meu coração palpitou! Abacate e chocolate? O meu estomago lançou fogo de artificio melhor do que o da passagem de ano na Madeira. Depois vi os ingredientes, a receita e fiquei eufórica: eu posso comer isto!

 

 

A fingir que isto é um blog de culinária #8

Meus amigos,

 

nunca a minha segunda feira começou tão bem como quando resolvi ter este bolo de cenoura para os meus pequenos almoços. Farta de ter sempre a mesma coisa, encetei uma busca por algo que pudesse comer e que "cortasse" a rotina culinária da primeira refeição da manhã. Tropecei num site de culinária muito... fora da caixa (out of the box para os que gostam de estrangeirismos): o Thug Kitchen.  Prós desta receita: não leva ovos, não leva manteiga nem outras cenas que eu não possa comer (a não ser o

 

 

A fingir que isto é um blog de culinária #7




Esta beleza que vêem na foto, é nada mais nada menos, que o resultado de mais uma das minhas aventuras de culinária.

Preparem-se: é um bolo de batata doce! Sim, batata doce! Fácil de fazer, com a vantagem de não ter manteiga e marcha que nem ginjas!

A receita original tem uma cobertura de marshmallow. Mas como não posso alinhar no açucar, não a usei. O bolo fica delicioso na mesma sem a cobertura. Com a vantagem que desta forma, tem menos calorias!

Como é hábito, substitui o açucar por stevia, o ovo por iogurte grego natural.

Eu que adoro cenoura, adorei ler na receita original que a batata doce pode ser subsituida por cenoura. Já estou a pensar na próxima versão "turbinada" desta receita: substituir a bata doce por cenoura e acrescentar-lhe noz. 

Para fazerem esta receita (da mesma forma que moi même) irão precisar: batata doce, stevia, óleo vegetal (eu usei metade do indicado na receita), iogurte grego, farinha, canela, noz moscada e extracto de baunilha. 

Para terem ideia de quanto iogurte usar, normalmente substituo 1 ovo por um copo de iogurte de 1 copo de 125 gramas. Podem usar iogurte grego natural ou iogurte natural. Também já experimentei usar iogurte natural sem lactose e resulta. 

Podem ver aqui a receita original para saberem as quantidades exactas a usar.

Adivinhem lá o que vou experimentar este fim de semana

 

Esta semana descobri um blog chamado Sweet and Salty. E só nome conquistou-me! POrquê? Porque eu adoro a mistura de doce e salgado: gosto de comer pipocas doces e salgadas misturadas; gosto de fiambre de peru ou frango com compota em cima; gosto de bruchettas que levam presunto com nectarinas ou mel. 

 

55rande.jpg

 

Claro que depois de me ter prendido a atenção, comecei a cuscar. E deparei-me com receitas que só de ler já me estava a babar! Numas altura em que comer fora de casa é uma aventura de alto risco e descobrir receitas com ingrediente que possa comer é quase como ganhar o eurmilhões, eis que deparei-me com uma proposta de cheesecake, fácil de fazer e apenas com.... 4 ingredientes!!!!! Aveia, óleo de coco, iogurte natural e morangos. Ok... eu sou uma bocado preguiçosa e ire usar compota de frutos vermelhos ou de manga sem açucar (sim, existem!!!! E claro eu que não posso alinhar no açucar, tornei-me a melhor cliente do supermecado bio ao fundo da rua no que diz respeito a compotas sem açucar adicionado).  Voltando ao assunto, podem ver a receita completa aqui. Para a semana, conto como correu a experiência do fim de semana!

A fingir que isto é um blog de culinária #5

IMG_20161111_194207.jpg

Na senda de encontrar comidinha boa mas que não me faça correr para o wc, decidiu-se cá em casa por voto unânime da minha pessoa, confeccionarmos uma pizza caseira. A receita topei-a no blog Casal Mistério e tinha tudo para correr bem: batata doce! Não seria necessário mais para me convencer.

 

Entre retirarmos alguns ingredientes (em vez do ovo de chia usamos simplesmente um subsituto de ovo que comprei

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Onde compro livros

Blogs de Portugal

Bloglovin