Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Surpresas às segundas de manhã

Hoje utilizei uma outra estação de metro do que a habitual para o trabalho. E eis que para minha surpresa, junto à entrada do metro que fica num pequeno jardim, encontrei isto: 

 

IMG_20170821_083712.jpg

 

Uma caixa com livros para quem quiser levar e/ou deixar. Confesso que sorri ao pensar que num país em que chove o ano todo, que a malta nem no verão sai de casa sem casaco, arranjou uma forma de ter livros à disposição de quem passa!

7 conclusões depois de ter começado a aprender uma nova língua

IMG_20170808_083223.jpg

 

Num tipo de loucura induzido pelas hormonas do amor, lá em casa decidimos aprender a língua nativa de cada um: eu neerlandês, ele português. É por isso que durante três semanas em Agosto, tenho 4h15 diárias de neerlandês. Das 8h30 as 12h45. 3 semanas. Na verdade comecei a ter aulas em Outubro do ano passado, 1 vez por semana. Sinceramente, não resulta. Duas horas por semana para aprender uma língua nova é treta, acrescido que não me conseguia entender com o método de ensino da professora. Resolvi mudar. Fiz um teste de nível, colocaram-me no nível A2 e 'bora lá fazer um curso intensivo no Verão para ver se a coisa descola. 
Cheguei a algumas conclusões que partilho:
 
1) Português tem vários sons. Ajuda a aprender mas depende verdadeiramente de que língua se quer aprender. Neerlandês tem ainda mais sons que duvido alguma vez vir a ser capaz de os pronunciar propriamente. 
 
2) Ao fim de muitas horas de aprendizagem, já não tenho a sensação que quando falam neerlandês estão a rasgar

 

Das modas que andam por aí

 

Capture.JPG

 

Todos sabemos que há uma série de dietas e afins que circulam por aí como sendo o supra sumo da batata assada. Ele é a dieta do paleo, do sangue, do hidrato carbono, etc etc e tal. A moda também chegou à àgua: de Monchique porque é a mais alcalina; a àgua que tenha o PH mais neutro, e a mais recente: água do mar.

 

Giro é ver que de facto há gente que ganha dinheiro com estas brincadeiras. Há quem venda água do mar por apenas 5,60€ a garrafa de 1,5lt. Sim, litro e meio. Mas se comparem um pack de 6€ fica-vos por 41,33€, iva incluído, claro. E eu, confesso, fico parva. E incrédula. E sei estupefacta.

 

Durante mais de 20 anos em que não sabia nadar (não é que agora saiba nadar bem), fartei-me de engolir piropos cada vez que ia à praia. E isto numa época em que ninguém sabia o que era poluição da água e a mão deixava-me chapinhar na água à vontade e sem stress. Muita águinha do mar bebi eu a tentar nadar! Ou cada vez que achava que sabia mergulhar. E em diversos sítios, não pensem que era esquisita e bebia àgua num só sitio. 

 

Mesmo assim, não tive nenhum dos benefícios que agora apregoam para a água do mar. Tive as minhas alergias, as minhas amigdalites e tchan tchan uma doença auto-imune. Por essas e por outras, quando vejo malta a vender água salgada dentro de uma garrafa a preços astronómicos, fico sem palavras para as parvoíces que nos dias de hoje se vão vendendo. Se eu comprar uma carteira de boa qualidade e que me durará para o resto da minha vida por 200€ a malta fica toda indignada e sou uma porca capitalista. mas se comprar uma garrafa de água do mar advogando beneficios inexistentes ao preço de ouro, sou super alternativa e avant garde.

 

Sinceramente, por vezes penso que estamos noutro século qualquer, menos no século super avançado que deveria ser o XXI.

Da ambição

- Sofro desta ansia de não ter, mano. (...)
- Isso é budismo?
- Não. Puro preguicismo.
- Preguiça? Parece-me uma ambição enorme, sobretudo num país onde as pessoas querem ter cada vez mais. (...)
- Talvez tenha razão. Sou preguiçoso, mas sou um preguiçoso com grandes ambições. Se é para não ter, então não quero muito. Se é para não fazer, quero não fazer muitissimo"

in A Sociedade dos Sonhadores Involuntários, de José Eduardo Agualusa

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Onde compro livros

Blogs de Portugal

Bloglovin